Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Abaetetuba: Ex-agente penitenciário sai para comprar pão e acaba morto com seis tiros

A Polícia Civil investiga o caso, na tentativa de localizar e prender os suspeitos

O Liberal

​Um homicídio foi registrado no início da manhã desta segunda-feira (2), na rua João Paulo II, no bairro do Cristo Redentor, em Abaetetuba, no nordeste do Pará. A vítima foi identificada apenas pelo prenome Nazareno. O homem era um ex-agente penitenciário e foi assassinado com, pelo menos, seis tiros. Ninguém foi preso até o momento.

VEJA MAIS

'Shakira' é morto a tiros em Marabá; polícia acredita em acerto de contas
Os primeiros levantamentos da polícia indicam que “Shakira” possuía dívidas com o tráfico de drogas

Homem é baleado e morto durante intervenção policial em festa supostamente organizada pelo PCC
Mikael de Jesus da Silva teria reagido à abordagem e atirado contra os policiais. Caso aconteceu no bairro Populares II, em Parauapebas.

Árbitro leva dois tiros durante intervalo de jogo na Argentina; saiba mais
Segundo a polícia, o autor dos disparos fugiu do local em uma moto; a vítima está internada na UTI e corre risco de vida

A Polícia Militar foi acionada para o local, logo após o crime, e apurou que Nazareno teria saído para comprar pão, quando foi abordado e morto pelos criminosos, que fugiram em seguida, sem deixar pistas. A motivação do crime ainda não foi esclarecida. A polícia trabalha na tentativa de identificar os suspeitos ​​e prendê-los.

O crime chamou a atenção dos moradores da rua João Paulo II. Curiosos se aglomeraram para acompanhar os trabalhos da Polícia Científica do Pará (PCP), responsável por analisar a cena do crime e fazer a perícia no corpo da vítima, que, em seguida, foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

O caso foi registrado e está sendo investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Abaetetuba. Diligências são realizadas para que as autoridades policiais possam elucidar o homicídio.

Palavras-chave

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA