Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Vítima de naufrágio em Belém se manteve viva agarrada a boia; entenda detalhes do resgate

Bombeiros detalharam que uma das vítimas foi arrastada pela maré. Sobrevivente foi achada horas após acidente.

O Liberal

Dois bombeiros participaram da ação de salvamento, após um naufrágio ocorrido no último sábado (22), em Belém. Os soldados Marlon Cardoso e Fábio Moraes estavam em uma embarcação, retornando para o município de Abaetetuba, onde vivem, quando ouviram um pedido de socorro vindo da parte externa. Era uma mulher que se segurava em uma boia de sinalização, no rio e o começo de uma longa operação.

VEJA MAIS

VÍDEO: lancha que saiu de Belém com destino a Ponta de Pedras naufraga na Baía do Guajará
Catamarã teria saído às 16h da capital paraense, mas, antes de chegar na entrada da cidade marajoara, teria sofrido dano no caso e afundado parcialmente

Quarta vítima do naufrágio na baía de Guajará foi encontrada com vida
O Liberal publicou, erroneamente, que vítima havia sido encontrada morta, mas resgate foi bem-sucedido. Três pessoas já haviam sido regatadas com vida na madrugada deste domingo (23). Embarcação prestou socorro, após ouvir gritos nas águas

Os bombeiros iniciaram os protocolos para o resgate da vítima que, com dificuldade, tentava não afundar. Tudo ocorria perto do porto Arapari. A dupla de militares repassou a situação ao Centro Integrado de Operações, que acionou o 1º Grupamento Marítimo Fluvial (1º GMAF) e a Capitania dos Portos para prestar apoio.

No local, o comandante da embarcação, já em deslocamento para Abaetetuba, ligou o farol para dar visibilidade e auxiliar no resgate. O soldado Marlon e outro tripulante, com auxílio de uma boia, entraram na água e estabilizaram a vítima, ainda na maré agitada. Enquanto isso, no interior da embarcação, o soldado Moraes gerenciou a estabilidade do navio, orientando os passageiros a ficarem sentados, evitando o pânico e desestabilidade.

Após o resgate, a vítima relatou que os tripulantes estavam em uma embarcação de pequeno porte, uma rabeta, todos sem colete salva-vidas, e que essa naufragou devido à força da maresia. Após varredura na área, foram resgatadas mais duas vítimas.

Três pessoas são regatadas após naufrágio na baía do Guajará; assista
Embarcação de passageiros prestou socorro durante a noite, após ouvir gritos nas águas

Ao chegar o apoio da viatura de salvamento do 1° GBM, foi solicitado ao piloto da embarcação "Caripi" que atracasse novamente no porto, para que as vítimas e as informações pudessem ser passadas ao Grupamento e prosseguissem com as buscas da quarta pessoa desaparecida, que conseguiu nadar e chegar na própria residência, localizada em uma das ilhas em frente à capital.

A empresa de navegação Bom Jesus comunicou estar colaborando com as investigações. Um inquérito foi instaurado pela Capitania dos Portos e pela Polícia Civil, para elucidação dos fatos.

Palavras-chave

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ