Sespa confirma segundo caso de covid-19 no Pará

Mulher de 36 anos que esteve no Rio de Janeiro e em São Paulo teve teste positivo para coronavírus

Redação Integrada

A Secretaria de Estado de Saúde Publica (Sespa) confirmou na manhã desta sexta-feira (20) o segundo caso de covid-19 do Pará. 

LEIA MAIS: Primeiro caso confirmado de coronavírus no Pará

A paciente, informou a Sespa, é uma mulher de 36 anos que chegou a Belém no dia 14 de março. Esteve no Rio de Janeiro São Paulo. Ao chegar à capital, apresentou tosse, febre e dores no corpo.

 

Segundo a Sespa, o estado de saúde da paciente é estável e ela encontra-se em isolamento domiciliar. Não houve internação hospitalar.

No twitter, o governador Helder Barbalho postou um vídeo, acompanhado do secretário de saúde Alberto Beltrame, no qual informou que manteve contato telefônico com a paciente na manhã desta sexta-feira (20).

No vídeo, o governador confirmou que a mulher iniciou o tratamento no dia 15 e está em isolamento desde então. O governador também informou que a paciente mora sozinha em Belém, o que excluiu a necessidade de isolamento de familiares. 

 

 

O prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, também se manifestou. Em vídeo divulgado no Instagram, Coutinho confirmou as informações relativas ao caso divulgado pela Sespa, e fez um apelo à população para respeitar o isolamento social recomendado pelas autoridades e manter os cuidados com a higiene pessoal no cotidiano.

"Precisamos com urgência do apoio e conscientização de todos. O isolamento social e as medidas individuais de higiene são a melhor forma de controlarmos a proliferação do novo coronavírus em nosso território. Fiquem em casa!"

 

O primeiro caso no Pará foi confirmado no último dia 18 de março. O paciente é homem de 37 anos, também de Belém.

Acompanhe para mais informações.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM PARÁ