Santarém amplia protocolos para tratamento e prevenção ao vírus HIV

Protocolos adotados integram a prevenção combinada para ampliar as formas de intervenção e atender às necessidades de cada pessoa

Ândria Almeida
fonte

Métodos de tratamento do HIV é ampliado no município de Santarém, oeste do Pará. A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), e a Coordenação Municipal de IST, HIV/AIDS e Hepatites Virais, implantou a Profilaxia Pós-Exposição (PEP) e a Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) no Centro de Testagem e Acolhimento (CTA) Santarém, de segunda a sexta-feira, e nas Unidades de Pronto Atendimento – UPAS, com disponibilidade para realizar o atendimentos 24 horas por dia.

O “prep” é um método preventivo que consiste no uso diário de um comprimido antirretroviral por pessoas que não vivem com o HIV, mas que estão expostas à infecção. Enquanto a PEP é uma medida preventiva de urgência que atende indivíduos já expostos ao vírus por diferentes motivos, por exemplo, relações sexuais desprotegidas, acidentes biológicos e violência sexual.

O tratamento integra a prevenção combinada, para ampliar as formas de intervenção e atender às necessidades de cada pessoa ou ainda das possibilidades de inserir o método preventivo na sua vida. Funciona da seguinte forma, o paciente recebe dois medicamentos antirretrovirais que devem ser ingeridos diariamente ao longo de 28 dias, de modo a eliminar o HIV.

Treinamentos

Nos meses de novembro e dezembro o CTA realizou treinamentos com o tema “PEP e Prep''. Já na rede de “Atenção Básica” foi repassadas as informações para médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem do município. Além disso, houve distribuição de kits de insumos como, camisinhas, testes rápidos e medicamentos.

As palestras foram ministradas pelo enfermeiro Erek Fonseca e pelo médico infectologista Dr. João Assy, membro da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI).

O médico alertou para a situação epidemiológica do Brasil. Na ocasião, foram destacados os índices nacionais de detecção de novos casos de HIV/AIDS que estão em queda, de acordo com dados levantados entre 2021 e 2022.

O enfermeiro do CTA destacou que apesar desses números apontarem para o avanço da eliminação da infecção no Brasil é necessário considerar outras variáveis. As taxas de detecção de casos novos estão na faixa etária de 20 a 24 anos, centralizada no sexo masculino.

Onde procurar o atendimento em Santarém?

- UBS Alter do chão;

- UBs Maracanã;

- UBS 24 horas de Alter do chão;

- UBS 24 horas da Nova República;

- UBS 24h Santarenzinho;

- UPA 24h da Vila de Curai – Lago Grande

Palavras-chave

Pará
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ