Pastoral da Acolhida pede ajuda para atender 85 mil romeiros no Círio

Arrecadação está 50% abaixo do quantitativo obtido no mesmo período de 2018

Cleide Magalhães

O Círio de Nazaré é uma festa de milhares de convidados. Muitos deles vêm de longe para manifestar sua devoção e são recepcionados na Casa de Plácido pelos voluntários da Pastoral da Acolhida, onde recebem os cuidados necessários, como alimentação, e primeiros socorros. Em 2018, foram 79 mil romeiros e a campanha de arrecadação de donativos alcançou 70 mil quilos de alimentos. Este ano a expectativa é que 85 mil romeiros cheguem na Casa de Plácido e meta de arrecadação é de 80 mil quilos de alimentos. Mas, segundo a coordenação da Pastoral da Acolhida, a arrecadação hoje ainda está cerca de 50% abaixo do quantitativo obtido nesse mesmo período de 2018.

Para isso, a Pastoral da Acolhida precisa de ajuda da população, que pode contribuir doando alimentos perecíveis ou não (café, açúcar, leite, óleo, macarrão, massa para sopa e para mingau e outros), materiais de primeiros socorros (como remédios musculares), toalhinhas, produtos de higiene e de limpeza (desinfetantes, vassouras, panos de chão, sabonetes líquido, grosso e neutro, papel higiênico, papel toalha, lenço de papel, e outros).

Além de três cadeiras de rodas novas e duas padiolas (macas) à sala da saúde para atender o romeiro que possa passar mal, como destaca a coordenação. “Em 2018 arrecadamos 70 mil quilos de alimentos e este ano objetivamos alcançar 80 mil quilos, porque a quantidade de caravanas aumentou em mais de 200. Já estamos abertos às doações desde o início de setembro, mas ainda está baixa arrecadação. Precisamos de bastante de água em garrafa, porque para dar em copos estraga muito e faz mais lixo. Outras doações importantes são três cadeiras de rodas e duas padiolas”, afirma Socorro Almeida, coordenadora da Pastoral da Acolhida, que tem o papel de receber, alimentar e cuidar dos romeiros que chegam na Casa de Plácido.

Na semana do Círio a Casa da Caridade fica aberta durante 24 horas, desde 9h da quarta-feira (9) até 14h de sábado (12), que antecedem a Festa, a qual este ano cai no domingo, dia 13 de outubro. Nesses dias os romeiros recebem café da manhã, almoço e jantar, além de cuidados na área da saúde.

A Casa já conta com 1,2 mil voluntários – considerado como suficiente para ajudar os 85 mil romeiros esperados neste Círio. “Mas temos ainda 25 vagas abertas para voluntários em fisioterapia e massoterapia. Quem quiser pode nos procurar levando os documentos que comprovam a atividade. Mas estamos sem muita ajuda em relação aos donativos. Por isso, pedimos ajuda de qualquer colaboração à grande festa da Rainha da Amazônia”, reiterou Socorro.  

É na Casa da Caridade que funciona o almoxarifado e fica aberta das 9h às 17h, dentro do estacionamento da Basílica de Nazaré. A entrega pode ser feita também na Basílica Santuário. Para mais informações e doações ligue: 4009 8419.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!