Palacete que desabou estava interditado desde 2015

Prefeitura ainda não se pronunciou sobre o acidente de ontem

Portal ORM

O palacete Augusto Correa, que desabou na noite desta segunda-feira (21), em Bragança, nordeste paraense, estava interditado pelo Corpo de Bombeiros desde 2015. O prédio histórico havia abrigado a prefeitura do município por muitos anos. Na tarde de ontem, o local, que fica na praça Antônio Pereira, chegou a ser isolado pela prefeitura. Apesar do susto, ninguém ficou ferido. A situação revoltou moradores da cidade. 

Pelas redes sociais, diversos moradores de Bragança lamentaram o ocorrido. "Antigo prédio da prefeitura de Bragança desabou, e tem governo que não preservar patrimônios históricos de nossa história", disse o internauta Evaldo Aviz por meio do Facebook. Já o internauta Isaac Levi Araújo, também culpou a administração municipal. "Antigo prédio da Prefeitura de Bragança, o histórico Palacete Augusto Corrêa, acabou de desabar. Uma tristeza para a história do Pará e mais um símbolo da incompetência dos governos tucanos no nosso estado", lamentou ele.  A Prefeitura de Bragança ainda não se pronunciou sobre o acidente.


Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM PARÁ