'Operação República' emprega 800 agentes de segurança durante o feriado prolongado

Ações se concentram nos municípios mais visitados por banhistas

O Liberal, com informações da Agência Pará

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), em conjunto com os demais órgãos do sistema de segurança, realiza até a próxima quarta-feira, 16, a “Operação República”, que visa garantir a integridade e o bem-estar da população nos principais destinos procurados no feriado prolongado. No total, 800 agentes estarão nas ruas em 27 localidades do estado.

As equipes começaram a se deslocar ainda na sexta-feira, 11, para municípios como Salinópolis, onde há grande procura de banhistas e turistas. Lá, a Segup instalou o Centro Integrado de Comando e Controle na praia do Atalaia, para centralizar o atendimento e monitoramento das ações.

LEIA MAIS:

Operação da PRF para o feriado da Proclamação da República começa nesta sexta (11) no Pará
De acordo com a PRF, policiamento ostensivo preventivo será reforçado em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e criminalidades, conforme dados de estatísticas

Veja o que abre e o que fecha no feriado de Proclamação da República em Belém
Por conta do feriado de Proclamação da República celebrado na próxima terça-feira (15) e do ponto facultativo do Dia do Servidor Público na quarta-feira (14), serviços terão o horário de funcionamento alterado

Um dos focos do trabalho é a fiscalização do trânsito, por isso o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e agências municipais atuam em pontos de fluxo intenso, como a entrada e a saída de Belém, bem como ao longo de rodovias estaduais e federais que cruzam o estado. Além disso, a fiscalização da “Lei Seca” será intensificada a fim de evitar que motoristas alcoolizados conduzam veículos nas vias e estradas do Pará.

Outra ação estratégica ocorre com o videomonitoramento. O Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) vai atuar 24h por dia com auxílio de câmeras, mapa tático e equipamentos de rádio-comunicação para otimizar o atendimento de eventuais ocorrências nas ruas e na faixa de areia.

"As ações que foram planejadas pelo sistema de segurança pública em conjunto com os órgãos são no intuito de garantir a segurança e de acompanhar o deslocamento dessas pessoas que vão para o interior e depois o retorno delas pra capital do Estado”, destacou o secretário adjunto operacional da Segup, Coronel Alexandre Mascarenhas.

A “Operação República” conta com a ação conjunta das polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (Siac), Polícia Científica, Centro Integrado de Operações (Ciop), Disque-Denúncia, Guarda Municipal de Belém (GBel), Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) e Secretaria de Segurança Pública e Mobilidade Urbana de Marituba, com apoio do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) e do Grupamento Fluvial de Segurança Pública (GFlu).

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ