Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Mais de 50 PMs positivam para covid e terão material genético sequenciado pela Fiocruz

Há suspeita de que eles tenham contraído a variante Delta ou mesmo outra mais agressiva por apresentarem sintomas fortes e alta carga viral

Ândria Almeida

Na quarta-feira (6), o Laboratório de Biologia Molecular (Labimol) da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) detectou que, pelo menos 53 policiais militares, que realizavam curso de aperfeiçoamento em Santarém, estavam contaminados com o coronavírus SARS-CoV-2. Eles apresentaram uma carga viral muito alta, o que acendeu o sinal de alerta do Labimol e gerou a necessidade de sequenciamento genético das amostras, o que não pode ser feito no Pará. A estimativa é de que o resultado do sequenciamento genético fique pronto no final do mês.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), é uma instituição de referência no Brasil em pesquisa em saúde e qualidade de vida, que se interessou pelo sequenciamento genético das amostras coletadas pelo Labimol, para investigar melhor o que ocorreu na região que teve um intenso trabalho de vacinação contra covid-19.

VEJA MAIS

Sespa acompanha casos suspeitos de covid-19 em mais de 50 policiais militares em Santarém Órgão de saúde não fala em variante Delta e diz que medidas de controle são de responsabilidade da Prefeitura de Santarém

“Isto porque a alta carga viral aliada aos intensos sintomas experimentados pelos militares gerou a suspeita de se tratar da variante Delta do coronavírus, cepa essa bem mais agressiva, transmissível e que ainda não foi identificada no oeste do Pará”, explicou coordenador do Labimol, Marcos Prado. No entanto, pode se tratar até de uma outra variante.

O coordenador enfatizou que todos os sargentos e familiares estão em isolamento. “Para uma pessoa que entrou em contato com pessoa infectada, são necessários dois testes negativos no intervalo de 14 dias. Então aqueles que tiveram resultado negativo no primeiro teste precisam ser testados novamente. O teste RT-PCR detecta qualquer tipo de variante do vírus, mas não consegue apontar qual é a variante em questão, apenas indica se a pessoa está infectada, explicou Marcos Prado.

Assim, ainda há necessidade de testar novamente os outros 41 Policiais Militares em que o teste RT-PCR indicou ausência de contaminação, para confirmar o diagnóstico negativo. Além dos 41 militares, ressalta Marcos Prado, é também importante testar os familiares dos sargentos, haja vista que dez familiares de alunos do curso  já foram confirmados com o coronavírus causador da covid-19.

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) informa que "...foi notificada e que acompanha o caso e as medidas de controle adotadas. O município de Santarém coletou amostras de RT-PCR sendo constatados 53 casos positivos de covid-19. As amostras foram encaminhadas ao Lacen-PA que enviará a Laboratório de referência para sequenciamento e identificação de variantes. A maioria dos casos está assintomática. Duas pessoas foram hospitalizadas e recebem atendimento. O monitoramento dos casos é de responsabilidade municipal".

 

Palavras-chave

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ