Enchentes no RS: campanha dos Correios no Pará arrecada 28 toneladas de donativos em 2 dias

Doações podem ser feitas nas 167 agências da empresa no estado: água mineral, alimentos e material de higiene e limpeza

Eduardo Rocha

Em apenas dois dias, na quarta (15) e quinta-feira (16), a Superintendência Estadual dos Correios no Pará arrecadou e encaminhou 28 toneladas de donativos para as famílias atingidas pelas enchentes no Rio Grande do Sul. Como informou o superintendente da empresa, Marcelo Gomes Pinheiro, a campanha "Solidariedade Expressa" começou no estado na terça-feira (14). Ela envolve todas as unidades dos Correios para receber as doações e viabiliza o encaminhamento do processo no setor operacional na rodovia Mário Covas, na Grande Belém (PA).

"Dessa forma, nos dois últimos dias, cerca de 28 toneladas já foram envelopadas e encaminhadas para o destino final que é o Rio Grande do Sul", destacou Marcelo Pinheiro. Os donativos abrangem garrafões com água mineral, alimentos não perecíveis, incluindo ração pet, e material de higiene pessoal e limpeza. Os Correios não estão mais recebendo roupas, por já ter sido normalizada a oferta de vestimentas para os cidadãos atingidos pelas enchentes no território gaúcho.

image Marcelo Pinheiro: 167 agências para receber donativos pela campanha 'Solidariedade Expressa' no Pará (Foto: Carmem Helena / O Liberal)

As pessoas interessadas em fazer uma doação via a campanha "Solidariedade Expressa" podem se dirigir a qualquer uma das 167 agências dos Correios no Pará, levando o seu donativo até um guichê, sem custo algum. "Essas 28 toneladas encaminhadas em dois dias mostram a potência da estrutura de logística dos Correios, com todos o pessoal da empresa envolvido nessa campanha solidária, porque os Correios têm também essa função social, e as doações mostram a sensibilidade dos paraenses com quem está em grande dificuldade", ressaltou o superintendente Marcelo Pinheiro.

VEJA MAIS

image Como doar para o Rio Grande do Sul em Belém: veja pontos de coleta e o que doar
O governo do Rio Grande do Sul também reativou a chave Pix para doações em dinheiro para ajudar as vítimas de enchentes no estado

image Veja como e o que doar aos atingidos pelas inundações no RS
O Rio Grande do Sul vive sua pior catástrofe climática da história recente

Para doações de grande porte, ou seja, com mais de 100 quilos, é necessário se fazer uma programação prévia. Essa ação é consolidada por meio dos contatos: 3084-1409 e 3084-1408 e ccom-pa@correios.com.br.

image Doações nas agências dos Correios para as famílias atingidas pelas enchentes no RS prossegue no Pará (Foto: Carmen Helena / O Liberal)

Engajados

Ainda na tarde desta sexta-feira (17), o casal João Batista Pereira, vigilante, e Elisângela Souza Pereira, serviços gerais, auxiliaram os técnicos dos Correios na Agência Círio, na avenida Presidente Vargas, no centro de Belém (PA), no recebimento e organização dos donativos da campanha. Eles moram em Capanema, no nordeste do Pará.

Como relatou João Batista, na semana passada, o casal encaminhou donativos para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul por meio dos Correios e da Paróquia Perpétuo Socorro naquele município. "Nós ficamos muito felizes em poder ajudar às pessoas no Rio Grande do Sul, porque ajudar a um irmão é ajudar a Deus", declarou João.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Pará
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ