Desempregada, bióloga investe na venda de sanduíches naturais em academias para se manter

Focada em uma vida saudável com a práticas diárias de musculação e pedaladas, a vendedora Maria Alaise Silva Nunes, de 29 anos, viu a oportunidade de ganhar dinheiro no lugar que mais gosta de estar, a academia

Patrícia Baía
fonte

Focada em uma vida saudável com a práticas diárias de musculação e pedaladas, a vendedora Maria Alaise Silva Nunes, de 29 anos, viu a oportunidade de ganhar dinheiro no lugar que mais gosta de estar, a academia. E foi durante a pandemia que a jovem formada em biologia começou a investir na venda de produtos e alimentos fitness.

“Eu estava recém formada quando veio a pandemia, não tinha emprego e precisava encontrar uma forma de ganhar dinheiro e, como eu sempre gostei de cozinhar e de frequentar academia, pensei em começar por onde eu já conhecia pessoas”, disse Alaise Nunes.

Então os primeiros clientes foram os colegas de academia onde ela treinava a época. Alaise começou a produção de um cardápio voltado para quem não quer engordar com tudo fitness. Começou a fazer os sanduiches naturais de frango, suco de frutas, vitamina de abacate, chope de frutas e chope gourmet. “Eu pedi ao dono da academia a permissão para vender os lanches e ele deixou. Falou ainda que eu poderia até montar um espaço lá para vender, mas eu não tinha o dinheiro para investir em uma lanchonete dentro da academia. Mesmo assim foi muito bom pra mim”, disse.

Já são dois anos vendendo os lanches que já ganharam clientes além das academias. Hoje Alaise vende para lojas de roupas onde é cliente, empresas de diversos seguimentos e até uma funerária. Todos os locais de entrega ficam na mesma rota que foi traçada pela empreendedora. “Eu já estou com uma clientela fixa e isso facilita. Então eu vejo o que tem perto desses clientes e pergunto se posso entrar no local para oferecer meus lanches e dessa forma vou ficando mais conhecida”, contou.

image Lanche saudável é vendido todos os dias pela bióloga (Patrícia Baía/ O Liberal)

As entregas são todas feitas em sua bicicleta que também é sua aliada para se manter ainda mais em forma. “Sou apaixonada por cuidar do corpo. Amo fazer musculação e amo também pedalar e por isso não é nenhum sacrifício fazer as entregas de bicicleta”, contou Alaise Nunes.

E quanto aos pedidos são todo feitos pelo Whastapp, mas a empreendedora quer em breve divulgar seu trabalho em outras redes sociais. “Ainda falta eu me organizar no mundo digital para ficar mais conhecida porque os meu pedidos são apenas pelo whatsapp e sei que preciso de mais divulgação”

Lucros

Dá para faturar por semana cerca 400 reais que são usados para fazer as compras de alimento para a casa. Alaise mora com o esposo e as duas filhas Maria Valentina Nunes, de 5 anos e Maria Anaissa Nunes, de dois, na casa da sogra. “Por enquanto estamos por aqui. Meu marido está responsável pelos gastos com a construção da nossa casa e eu ajudo com a nossa alimentação”, contou.

Além dos lanches, Alaise também vende roupas voltadas também para o mundo fitness, são as chamadas roupas de academia. “Eu ofereço o lanche e também as roupas. Eu consigo vender tudo e bem”, disse a empreendedora.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Pará
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ