Clínica de Psicologia da UFPA encerra atendimentos por falta de verba

A clínica em questão atendia exclusivamente alunos. Outro projeto de psicologia, a Clínica-Escola, continua com os serviços normais

Redação Integrada

A Universidade Federal do Pará (UFPA) acaba de confirmar, por nota oficial, que a 'Clínica de Psicologia: um olhar em atenção à saúde do estudante da UFPA', está encerrando seus atendimentos. A informação começou a circular na noite da última terça-feira (06) nas redes sociais.

Segundo a instituição, o motivo é a falta de verbas, decorrente da "não renovação por parte do governo dos recursos destinados à assistência estudantil, assim como as bolsas de permanência, da mesma forma, foram reduzidas". O projeto, que era coordenado pelo professor André Barreto, atendia exclusivamente estudantes da UFPA. 

A Clínica-Escola de Psicologia da UFPA, entretanto, ainda mantém suas atividades de atendimento psicológico à comunidade externa e interna da instituição, segundo comumicado do instituto. O requisito para os atendimentos da Clínica-Escola é que os atendidos não possuam poder aquisitivo para atendimento particular. 

"O encerramento do projeto [Clínica de Psicologia: um olhar em atenção à saúde do estudante da UFPA] vai causar uma redução drástica no atendimento aos alunos da UFPA, porém a Clínica-Escola de Psicologia mantém seu compromisso com essa parcela da população, agora não em termos de exclusividade, porém como quaisquer outras pessoas que demandem os serviços" informa a nota.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM PARÁ