Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Adepará apreende e destrói 983 mudas de citrus vendidas no comércio ambulante

Apreensão foi realizada em Goianésia do Pará, no sudoeste do estado

O Liberal

A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) apreendeu esta semana, no município de Goianésia do Para, no sudoeste do estado, 983 mudas de citros que estavam sendo comercializadas no comércio ambulante, atividade que é proibida pela legislação estadual. O material apreendido foi destruído pelos fiscais por estar em desacordo com o que preconiza a legislação que normatiza o transporte e o comércio de plantas frutíferas no Estado do Pará.

O objetivo da ação foi proteger os Polos Citrícolas, evitando a entrada de mudas que possam estar contaminadas por pragas como cancro cítrico, pinta preta e greening e trazer algum tipo de prejuízo para a citricultura paraense.

“Essas mudas apreendidas e destruídas estão vindo de locais endêmicos para algumas pragas quarentenárias e eles estavam cometendo uma prática que é proibida no Pará, que é o comércio ambulante de mudas frutíferas”, disse o gerente do Programa de Sementes e Mudas da Adepará, engenheiro agrônomo Cleber Eufrasio Sampaio.

Segundo a Adepará, nas fiscalizações realizadas pelo órgão em todos os 144 municípios paraenses, os produtores rurais e os donos de revendas de insumos, onde é possível adquirir mudas e sementes, são orientados a seguir as normas existentes com o objetivo de assegurar o cumprimento da legislação vigente. As denúncias sobre a prática ambulante de comercialização de mudas de plantas, principalmente as mudas frutíferas, devem ser feitas à Adepará por meio de canais oficiais como a Ouvidoria do Serviço Oficial de Vigilância através dos telefones (91) 3210-1101/1105/1121. 

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ