Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Presidente da Ucrânia demite chefe de segurança e procuradora-geral por ‘colaboração’ com a Rússia

Ivan Bakanov e Iryna Venediktova, duas figuras importantes do governo de Volodymyr Zelensky, foram demitidos neste domingo

O Liberal

Dois nomes importantes do governo da Ucrânia foram demitidos pelo presidente do país, Volodymyr Zelensky, no domingo (17): o chefe de Segurança Interna, Ivan Bakanov, e a procuradora-geral da República, Iryna Venediktova. Uma das alegações envolve a possível “colaboração” desses funcionários com a Rússia. As informações são do portal SIC Notícias.

De acordo com Zelensky, mais de 60 membros do gabinete da procuradora e dos serviços de informações "continuaram em território ocupado a trabalhar contra o estado" ucraniano.

VEJA MAIS

Vídeo mostra os últimos minutos de vida de menina morta por míssil disparado pela Rússia
Vídeo publicado nas redes sociais mostra os últimos minutos de vida da criança, que tinha síndrome de Down. O carrinho que Liza carregava ficou na rua, sujo com o sangue da menina morta

Ataque russo em cidade da Ucrânia deixa ao menos 17 mortos: ‘ato aberto de terrorismo’, diz Zelensky
Vinnytsia fica localizada em uma região relativamente afastada dos locais de combate

Ucrânia reúne 1 milhão de homens para retomar área conquistada pela Rússia
Analistas militares acreditam que a fala seja um blefe mesmo que existam sinais claros do governo

Rússia anuncia retirada da Ilha das Serpentes, símbolo da resistência da Ucrânia
A ilha se tornou símbolo de resistência da Ucrânia depois que guardas rejeitaram a ordem de rendição apresentada por um navio Russo

"Estes crimes contra as fundações da segurança nacional do Estado e as ligações entre as forças de segurança ucranianas e os serviços especiais russos levantam questões muito sérias sobre os seus líderes", declarou.

Os dois demitidos tinham forte influência no governo. Bakanov era amigo de infância do presidente da Ucrânia, enquanto Venediktova liderou o esforço para processar crimes de guerra russos no território ucraniano.

Para o lugar de Iryna, foi nomeado Oleksiy Symonenko.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO