Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Vídeo mostra os últimos minutos de vida de menina morta por míssil disparado pela Rússia

Vídeo publicado nas redes sociais mostra os últimos minutos de vida da criança, que tinha síndrome de Down. O carrinho que Liza carregava ficou na rua, sujo com o sangue da menina morta

O Liberal

Um vídeo mostra os últimos momentos de vida de uma menina de 4 anos, enquanto ela brinca com um carrinho de boneca ao lado da mãe, em Vinnytsia, na Ucrânia, na quinta-feira (14). Uma série de mísseis da Rússia, lançados no Mar Negro, atingiram a cidade de aproximadamente 370 mil habitantes e mataram 23 pessoas, incluindo outras duas crianças. As informações são da AFP.

VEJA MAIS

Ataque russo em cidade da Ucrânia deixa ao menos 17 mortos: ‘ato aberto de terrorismo’, diz Zelensky
Vinnytsia fica localizada em uma região relativamente afastada dos locais de combate

Ucrânia reúne 1 milhão de homens para retomar área conquistada pela Rússia
Analistas militares acreditam que a fala seja um blefe mesmo que existam sinais claros do governo

Zelensky divulga vídeo do momento em que míssil da Rússia atinge shopping na Ucrânia; assista
Para o presidente ucraniano, russos queriam matar o maior número de pessoas possível

Nas imagens, a menina aparece feliz ao lado da mãe, Irina Dmitrieva, enquanto iam para um centro terapêutico na cidade ucraniana. Liza tinha síndrome de Down e conversava com a mãe no vídeo. "Para onde vamos, querida?", pergunta a mulher. "Para lá!", responde a criança, sacudindo seus cabelos.

O vídeo foi publicado nas redes sociais às 9h38 locais e cerca de 80 minutos depois, vários mísseis lançados de um submarino russo atingiram a cidade. Irina perdeu uma perna no ataque  A mãe da menina foi inicialmente declarada morta. No entanto, o chefe da polícia ucraniana afirmou na sexta-feira (15) que ela continuava lutando pela vida. O carrinho que Liza carregava ficou na rua, sujo com o sangue da menina morta.

Autoridades falam em terrorismo

A primeira-dama ucraniana, Olena Zelenska, afirmou na sexta-feira que estava "horrorizada" com imagens do carrinho tombado na calçada. "Ao ler as notícias, me dei conta de que conheço esta menina. A conhecia...", escreveu no Instagram. Elas estiveram  juntas durante a gravação de um vídeo para as festas de Natal, em 2021.

O presidente Volodymyr Zelensky comparou o bombardeio de Vinnytsia com um "ato abertamente terrorista".

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO