Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Incêndios florestais na Turquia matam quatro pessoas

Uma das vítimas é uma senhora de 82 anos. Outro falecido foi um jovem de 25 anos que tentava apagar as chamas.

O Liberal

Dois incêndios florestais que alcançaram áreas habitadas, próximas a uma zona turística no sul da Turquia, deixaram pelo menos quatro mortos e levaram à evacuação de dezenas de localidades e bairros - informou a imprensa turca nesta quinta-feira (29). As informações são da AFP divulgadas no portal UOL.

Os incêndios foram declarados na quarta-feira (28) em dois bosques de Manavgat, Alanya, Adana, Mersin, Bodrum e Marmaris, na província de Antalya, e rapidamente se espalharam para zonas habitadas por causa do forte vento, arrasando casas, campos, estufas e estábulos. Na manhã desta sexta (30), a AFP informou que a maioria dos incêndios florestais na costa mediterrânea da Turqui está controlada, de acordo com as autoridades locais.

Pelo menos quatro pessoas morreram por causa dos incêndios. Uma das vítimas é uma senhora de 82 anos, que morava sozinha. Ela não conseguiu abandonar sua casa, que foi devorada pelas chamas. Outro falecido foi um jovem de 25 anos que foi a um dos locais afetados, para tentar apagar as chamas. Nesta quinta, equipes de regate prestaram auxilio a dez pessoas que haviam ficado presas em um barco num lago cercado pelas chamas.

Com o do avanço do incêndio, que chegaram à localidade vizinha de Akseki, as autoridades evacuaram 18 municípios e distritos. Cerca de 183 pessoas, a maioria afetada pela fumaça, e três com queimaduras, foram hospitalizadas.

"Vai ser dado todo apoio necessário aos nossos cidadãos que sofreram com o incêndio", declarou o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, que prometeu abrir uma investigação. No entanto, os lugares turísticos estão fora de perigo, segundo o prefeito da localidade de Antalya, Muhuttin Bocek, citado pela agência de notícias estatal Anadolu. "O fato de o incêndio ter começado a partir de quatro pontos distintos nos faz pensar que se trata de um incêndio criminoso. Mas, no momento, não temos informação clara sobre o tema", afirmou Bocek.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO