CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

Ex-primeiro-ministro britânico diz que se sentiu ameaçado por Putin: 'um míssil levaria um minuto'

Em documentário para a BBC, Boris Johnson revelou detalhes de conversas com o presidente russo

O Liberal

O ex-primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, revelou que sentiu 'ameaçado' pelo presidente russo, Vladimir Putin. Em documentário da BBC inglesa, Jonhson disse que, após a invasão da Ucrânia, Putin teria dito ao britânico que 'um míssil levaria um minuto'. As informações são do UOL.

Ainda no material divulgado pela BBC, Boris Johnson disse que teve longa e 'extraordinária' conversa por telefone com Putin, no mês de fevereiro do ano passado. Putin teria dito, inclusive, que não tinha a intenção de invadir a Ucrânia.

VEJA MAIS

image 'Não é uma ameaça ofensiva à Rússia', diz Biden sobre envio de tanques para a Ucrânia

image Tanques que serão enviados pela Alemanha à Ucrânia podem mudar rumo da guerra, diz analista
Veículos blindados podem ser diferencial para o sucesso na reconquista de territórios dominados pela Rússia

image Rússia lançou mais de 30 mísseis contra Ucrânia durante a noite; uma pessoa morreu
Como medida de precaução, cortes de energia de emergência foram feitos para evitar danos à infraestrutura elétrica

Durante a conversa, Boris teria alertado o presidente russo sobre as sanções em caso de invasão ao país vizinho. O alerta foi o motivo da suposta ameaça russa.

"Em certo momento, de certa forma me ameaçou e disse: 'Boris, eu não quero lhe fazer mal, mas com um míssil, levaria um minuto' ou algo assim"', contou Boris.

As informações foram negadas pelo Kremlin, através do porta-voz Dmitry Peskov. O porta-voz afirmou que o ex-primeiro-ministro britânico mentiu.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Mundo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO