Brasileiro mata a ex-mulher em Portugal; ele bebeu cerveja ao lado do corpo até ser preso

De acordo com a polícia local, o homem acreditava que a ex-companheira estava em um novo relacionamento

Juliana Maia
fonte

O brasileiro Leandro Cassimiro, de 38 anos, foi acusado na última quarta-feira (14) pelo assassinato de sua ex-mulher, a também brasileira Lucília Brandão, de 53 anos. O caso aconteceu no início de março deste ano, em Portugal. Segundo a polícia local, o homem estrangulou a mulher, acionou a polícia, e esperou os agentes chegarem ao local enquanto bebia cervejas.

VEJA MAIS

image Mulher mantida em cárcere privado é resgatada após jogar carta pelo muro: ‘Eu preciso de ajuda'
Segundo a vítima, o marido havia trancado ela e a filha no local há três dias por não aceitar o fim do relacionamento

image Homem é assassinado a tiros em frente de uma igreja evangélica, no Pará
Crime ocorreu durante inauguração do templo, onde havia dezenas de pessoas

image PM é preso suspeito de matar esposa e enteada de 3 anos a tiros
Uma outra criança de 5 anos também foi baleada

O ex-casal de brasileiros, que morava na Europa, viveu uma relação de mais de dez anos e tiveram três filhos juntos. Segundo a polícia portuguesa, Leandro Cassimiro acreditava que a ex-mulher estava em um novo relacionamento e foi até a casa da vítima, portando duas facas, na intenção de flagrar o possível casal. 

Na residência, Leandro encontrou a ex-mulher sozinha e estendendo roupas. O brasileiro então deu um "mata-leão" na vítima, que tentou se defender e retirar os objetos que Leandro portava, mas acabou estrangulada e morta.

A ligação para informar o crime foi realizada pelo próprio brasileiro, que teria aberto latas de cerveja enquanto observava o corpo da vítima e esperava ser preso, segundo a polícia portuguesa. O acusado foi detido por uma equipe policial e está em prisão preventiva.

(*Juliana Maia, estagiária sob supervisão da editora web de OLiberal.com, Vanessa Pinheiro)

Mundo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO