Americanas: acionistas pedem que MPF investigue PwC por auditoria na empresa

A PwC aprovou em 2022 as demonstrações financeiras da varejista

Luciana Carvalho
fonte

Acionistas minoritários da Americanas entraram com ação no Ministério Público Federal (MPF) pedindo à empresa varejista e à multinacional de auditoria e consultoria PwC sejam investigadas por supostos crimes contra o mercado de capitais financeiros. As informações são do portal O Antagonista. 

A PwC aprovou em 2022 as demonstrações financeiras da Americanas. Na semana passada, a varejista anunciou ter encontrado “inconsistências contábeis” estimadas em R$ 20 bilhões, mas dias depois, a empresa disse que a dívida totalizava mais de R$ 40 bilhões. Nesta quinta-feira (19), o juiz Paulo Assed Estefan, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), deferiu o pedido de recuperação judicial da varejista.

VEJA MAIS

image Ex-presidente da Americanas diz que descobriu rombo bilionário nos 9 dias em que esteve no cargo
Sergio Rial renunciou ao posto após divulgar erro bilionário nos balanços da empresa varejista

image Mesmo com inconsistências, executivos das Americanas acumularam R$ 700 milhões em uma década
Valor inclui salários, bônus de desempenho e pagamento em ações ou opções

image Em rombo da Americanas, empresa deve R$ 2,4 bilhões ao BNDES
Estatal, no entanto, não é credor direto da empresa endividada, e disse não estar exposta a qualquer risco

O advogado Daniel Gerber, que representa os acionistas minoritários da Americanas, afirmou que vai solicitar o bloqueio de bens dos diretores da varejista e da empresa de auditoria e consultoria. O advogado quer que o MPF investigue se foram praticados os seguintes crimes: uso de informações privilegiadas para a obtenção de vantagens no mercado de capitais, gestão fraudulenta, venda de ações sem lastro e formação de organização criminosa.

Segundo ele, “a magnitude dos acontecimentos exclui a possibilidade de mera negligência”. “Uma coisa é você deixar de enxergar numa operação complexa alguns milhares de reais. Já é difícil, mas pode acontece. Agora, não ver bilhões em uma operação realizada com agentes do sistema financeiro nacional… Isso só pode ser motivado pela disposição de não alertar”, disse o advogado.

(Luciana Carvalho, estagiária da Redação sob supervisão de Elisa Vaz, repórter do Núcleo de Política).

Mundo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO