Remo sai atrás no placar, mas consegue empate com Caeté em último amistoso antes do Parazão 2023

Leão apresentou bastante dificuldade para bater a defesa da jovem equipe de Bragança.

Caio Maia
fonte

O Remo empatou em 1 a 1 com o Caeté neste sábado (14) no último amistoso antes da estreia no Campeonato Paraense 2023. Em partida disputada no estádio do Baenão, em Belém, o Leão apresentou bastante dificuldade para bater a defesa da jovem equipe de Bragança. 

Whatsapp: saiba tudo sobre o Remo. Recêêêba!

O primeiro gol da partida, inclusive, foi marcado pelo Caeté, na etapa inicial, em cabeçada após cobrança de falta na área. O Leão, por sua vez, reagiu bem às mudanças feitas pelo técnico Marcelo Cabo e conseguiu o empate, no segundo tempo, com Muriqui. 

VEJA MAIS

image Time da Costa Rica faz camisa em homenagem a Pelé e usa ex-Remo como garoto-propaganda; vídeo
Zagueiro de 31 anos foi o responsável por apresentar o novo terceiro uniforme da equipe.

image Remo: torcida, filhos remistas e pressão; Rodriguinho cita medo, ensinamentos e projeta 2023 no Leão
Meia retornou ao Leão Azul depois de passagem pelo Remo em 2018

Caso o treinador azulino queira fazer mudanças na equipe, o tempo de trabalho será apertado. No próximo sábado (21), às 17h, no estádio Baenão, o Remo estreia pelo Parazão 2023. O Time de Periçá vai enfrentar o Independente de Tucuruí pela partida de abertura do torneio.

O jogo

A primeira parte da partida foi de domínio do Caeté. O clube de Bragança conseguiu congestionar o meio de campo azulino, anulando as jogadas ofensivas do Leão. Por outro lado, a equipe do interior do estado conseguia utilizar bem as jogadas de bola parada e os lançamentos em profundidade pelas laterais e levar perigo à meta de Vinícius. 

Nessa pressão, o Caeté conseguiu abrir o placar aos 31 minutos da etapa inicial. Em cobrança de falta na área, a zaga do Remo afastou mal e a bola sobrou para Romário, livre, mandar para o fundo da rede. 

No segundo tempo, Marcelo Cabo efetuou uma série de mudanças no time azulino e o Leão passou a ser mais agressivo. Pablo Roberto passou a ter a ajuda de Rodriguinho na armação e Jean Silva deu mais velocidade às pontas, no lugar de Pedro Sena. 

Em uma dessas jogadas, Diego Tavares avançou pela direita e cruzou na medida para Muriqui empatar de cabeça, aos 21 minutos. A partir de então, o Leão até tentou o embate, mas esbarrou na defesa bem postada do Caeté. 

Remo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES