Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Presidente do Remo relata confusão no Navegantão e afirma: 'Fomos acuados'

Fábio Bentes informou que o clube vai entrar com representação cobrando explicações sobre o ocorrido no jogo contra o Independente pelas quartas de final da Copa Verde

Redação Integrada

O presidente do Remo, Fábio Bentes, por meio de vídeo, relatou alguns incidentes no estádio Navegantão, em Tucuruí, durante a partida de volta contra o Independente, pelas quartas de final da Copa Verde. A partida terminou com a classificação, no pênaltis, do Remo para a semifinal do torneio regional.

Segundo o mandatário azulino, o estádio estava com muitas pessoas que não eram da diretoria do Galo Elétrico. Além disso, durante o intervalo, a diretoria do Remo foi hostilizada por pessoas que pareciam torcedores do adversário.

O dirigente informou que o Remo vai entrar com representação na Federação Paraense de Futebol (FPF) e Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pedindo explicações sobre o ocorrido, uma vez que o protocolo não prevê a presença de pessoas que não sejam da diretoria dos clubes.

 

“Aconteceu um episódio lamentável no Navegantão. Queria entender como tanta gente entrou para assistir à partida. A gente viu famílias lá. Pessoas que estavam torcendo, de bermuda, que não pareciam diretores. No intervalo, fomos acuados e acusados de ter comprado o juiz na partida de ida em Belém. E eu queria explicação. Nós do Clube do Remo vamos representar sobre o ocorrido porque episódios como esse são lamentáveis para o futebol brasileiro”, afirmou Fábio Bentes.

O discussão no intervalo da partida entre Independente e Remo foi relatada pelo árbitro Alisson Sidnei Furtado, de Tocantins, na súmula da partida. Ele citou que “durante o intervalo da partida houve um tumulto e discussão entre os dirigentes dos dois clubes na arquibancada do estádio, que foi sanado pelos mesmos.”

Árbitro relatou sobre a confusão entre diretores do Remo e do Independente (Reprodução)

A reportagem entrou em contato com o presidente da FPF, Adelcio Torres. Ele informou que a competição é de responsabilidade da CBF, mas que a federação vai aguardar uma resposta da entidade após enviar o relatório do delegado.

“Vou aguardar o relatório do delegado da partida e a súmula do jogo. Vamos enviar à CBF porque é uma competição da CBF”, comentou.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES