Presidente do Remo compara desempenho do Leão no Parazão e na Série C: "O time evoluiu"

Fábio Bentes analisou de maneira positiva o time azulino

Redação Integrada

Um dos líderes do grupo B do Brasileirão Série C, o Remo tem demonstrado que vai brigar pelo acesso à Série B. Em entrevista à Redação Integrada de OLiberal, o presidente azulino Fábio Bentes avaliou as mudanças realizadas no time e as diferenças do Campeonato Paraense para o torneio nacional.

"São dois campeonatos distintos. O Paraense tem uma característica mais de correria, um jogo pegado. Um jogador de time do interior quando pega Remo e Paysandu joga como se fosse uma final de campeonato. 
Além disso, tem gramados pesados, viagens complicadas", analisa Fábio.

CARACTERÍSTICAS DA TERCEIRONA

No campeonato estadual, os times entram com um objetivo muito nítido: derrubar Remo e Paysandu, que, geralmente, possuem um elenco mais qualificado. No entanto, na terceirona, as coisas são bem diferentes. Ao menos é o que diz o dirigente.

"Numa Série C, é mais de igual para igual. Não necessariamente o adversário observa o Remo como o futuro dele. Ele acha que está em um time igual. Tem gramados bons, a característica do jogo muda, os jogadores colocam uma outra dinâmica na partida. É um jogo mais cadenciado, trabalhado e toque de bola. Não é aquela coisa mais pegada. Alguns jogadores tendem a melhorar", opina.

EVOLUÇÃO

O Leão iniciou a temporada sob o comando de João Neto, o Netão, mas o desempenho da equipe era constantemente alvo de críticas e o treinador deu lugar a Márcio Fernandes. Questionado se houve evolução desde a alteração no banco do time, Fábio Bentes avaliou de forma positiva.

"Eu acho que o time evoluiu, sim. O Márcio vai completar 60 dias e os treinamentos dele começaram a surtir efeito. Não é aquele Remo de chutão e se vira lá na frente. O Remo sai tocando, faz jogada. Agora, o treinador também tem opções. Temos um elenco mais completo, mais preparado para a competição", finaliza.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!