Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Paulo Bonamigo comemora o primeiro título pelo Remo; confira

Treinador parabenizou o grupo e o adversário, que foi bravo, mas perdeu pelo conjunto da obra dos azulinos

Luiz Guilherme Ramos

Pela primeira vez na história, ao longo de suas três passagens pelo Clube do Remo, o técnico Paulo Bonamigo conseguiu soltar o grito de ‘Campeão’, mesmo com a derrota por 3 a 1 para o Paysandu. Graças ao gol do lateral-esquerdo Leonan, os azulinos conseguiram segurar o resultado. Na avaliação do técnico, o Remo mostrou uma força de crescimento já vista nos momentos decisivos da competição.

“Nós sabíamos das dificuldades da partida. No primeiro tempo não conseguimos manter a estratégia armada e tomamos três gols. No segundo tempo conseguimos manter o equilíbrio, tivemos o bom momento do gol, quando o time estava mais confiante, viemos com outra atitude. Poderíamos ter nos desestruturado, mas isso não aconteceu. No contexto dos dois jogos, principalmente pelo primeiro, acho que temos um justo campeão hoje”, avalia o treinador remista.

VEJA MAIS

Em Curuzu lotada, Remo perde para Paysandu, mas fica com o título do Parazão 2022; confira
Final foi decidida nos detalhes. No placar agregado, azulinos venceram por 4 a 3

Campeão no escuro! Luzes da Curuzu apagam durante entrega da taça ao Remo
Momento aconteceu durante a entrega do troféu

Durante comemoração, jogadores do Remo ironizam falta de energia na Curuzu
Momento de alegria dos azulinos foi ofuscado por queda de energia. Atletas responderam com brincadeiras em rede social

Apesar dos tropeços, campanha do Remo foi regular e coroada com título na Curuzu
Em 14 jogos, Clube do Remo conseguiu seis vitórias, seis empates e duas derrotas

Para ele, a conquista tem um sabor especial, o qual ele dedica à família. “Eu dedico à minha família, sem sombra de dúvida. Ela me apoia, mesmo distante. Colocamos na cabeça desde o início a possibilidade de recuperar a hegemonia do futebol paraense, pra gente ter uma tranquilidade a partir de agora e eu agradeço o apoio de todos por essa conquista”.

Durante o Parazão, o Clube do Remo realizou 14 partidas, venceu seis, empatou seis e perdeu duas, o que mostra, no fim das contas, que prevaleceu o time sem a melhor campanha, mas que melhor soube aproveitar as brechas do adversário para crescer no momento certo. A partir de agora, o Leão Azul se volta para a estreia na Série C e na Copa do Brasil.

“Não foi fácil construir essa equipe. Mas os atletas também deram uma dedicação incrível. Eles acreditaram na ideia, trabalharam arduamente e superaram um grande rival. Infelizmente tem que sair um campeão, mas no geral estamos felizes pela conquista do título”, finaliza. 

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES