Paraense treinado por Jorge Jesus repassa ensinamentos em clube de Portugal: 'Ele é referência'

Jorge Jesus foi treinador de Jaime em 2006 no União Leiria, em Portugal

Fabio Will

A final da Libertadores fez um ex-jogador paraense relembrar os tempos em que foi comandado pelo atual treinador do Flamengo-RJ, Jorge Jesus. Jaime, cria das categorias de base do Remo, trabalhou com o técnico rubro-negro em 2006, quando defendiam a equipe do União Leiria, em Portugal.

Natural de Belém, Jaime despontou no Remo em 1998, mas a melhor fase da carreira atuando pelo Time de Periçá foi em 2000, na campanha da Copa João Havelange, quando o Leão chegou à Série A. Hoje com 40 anos, o ex-jogador trabalha como treinador das categorias de base do Arec Cunha, equipe filiada ao clube Braga. Ele relembrou a época em que foi comandado por Jorge Jesus e afirmou que foi um dos melhores técnicos com quem já trabalhou na carreira.

Jorge Jesus passando instruções ao paraense Jaime (Arquivo pessoal)

“Cheguei a Portugal em 2001 e joguei até 2008, depois retornei ao Brasil para o Remo. Nunca larguei Portugal e agora voltei de vez. Tenho uma amizade especial com Jorge Jesus. Trabalhamos juntos no União Leiria em 2006. Sempre falo aos meus amigos que tive dois treinadores que me ensinaram bastante e me fizeram crescer como jogador, que são: Jesualdo Ferreira e Jorge Jesus”, disse.

Relembre lances de Jaime Jr como camisa 10 do Braga:

Jaime comentou que Jesus consegue tirar o máximo dos atletas durante os treinamentos e que tinha certeza que o Flamengo teria sucesso na aquisição do técnico. “Fiquei feliz quando soube que ele iria para o Flamengo, pois o seu valor iria ser mostrado e consequentemente os títulos viriam”, falou.

No período em que trabalharam juntos, o paraense e o português conquistaram o objetivo que era a permanência na primeira divisãonacional e uma vaga na Liga Europa. Hoje como treinador, Jaime tenta repassar os ensinamentos aos jovens de 12 aos 17 anos. Na foto, o ex-jogador aparece com os jovens do Bragalona (fusão do Braga e Barcelona), equipe Sub-12. “Tudo que é bom, temos que repassar ao próximo e não é diferente com a garotada. O Jorge jesus é referência nos meus treinamentos”, salientou.

Jaime, de casaco azul, é treinador da base do Bragalona, clube filiado ao Braga, em Portugal (Arquivo pessoal)

DE OLHO NO FUTEBOL PARAENSE

Mesmo longe de Belém, Jaime busca informações sobre as equipes que paraenses nas competições regionais e nacionais. O ex-jogador disse que possui carinho pelos clubes, principalmente a Tuna Luso Brasileira, equipe que também defendeu. Aliás, o ex-camisa 10 deixou um recado aos dirigentes da Lusa:

“Tenho um carinho enorme pelo futebol paraense e torço para todos. Quero o sucesso dos três maiores clubes, mas em especial a Tuna, equipe que joguei e gosto demais das pessoas que ali trabalham. Espero que em breve ela retorne à primeira divisão e, para isso, é preciso jogar com atletas formados no próprio clube, que tenho certeza que sobe”, finalizou.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES