Em Belém, medalhas conquistadas por criança de 10 anos são furtadas e pai diz: 'chora bastante'

Cristian Messi, de 10 anos, joga futsal e futebol e teve a bolsa furtada, após o carro dos pais ser arrombado em Belém; tio da criança oferece recompensa pelas medalhas

Fábio Will
fonte

O sonho de ser um jogador de futebol é uma realidade para várias crianças no país. Uma delas é o Cristian Messi, de 10 anos, morador do bairro do Barreiro em Belém. O pequeno jogador, que retornou de São Paulo (SP), teve a medalhas furtadas, na Avenida Dom Romualdo de Seixas, no bairro do Umarizal, na capital paraense. A situação comoveu internautas, que compartilharam imagens do pequeno Cristian Messi, que chorou bastante com o ocorrido.

A equipe de O Liberal conversou com o pai de Cristian Messi, que relatou como está o filho após o ocorrido. Seu Amarildo Simões, conhecido como Amarildo do Vasquinho, time tradicional de pelada do bairro do Barreiro teve o carro arrombado e pertences furtados, porém, nada é mais importante que as 17 medalhas do pequeno Cristian Messi.

“Retornamos a Belém na semana passada e como o meu filho não pode ficar muito tempo parado, levei ele para treinar no Ginásio do NEL e estacionei o carro, quando retornei, vi que o veículo tinha sido arrombado e levaram meu relógio, carteira com dinheiro, cartões e documentos, além da bolsa com 17 medalhas do meu filho, que chora bastante”, disse o pai do menino.

VEJA MAIS

image Sede da Federação de Desportos Aquáticos é invadida em Belém e medalhas de competição são roubadas
Medalhas oficiais confeccionadas pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos foram levadas, mas a competição está mantida

image Loja do Remo é assaltada e bandidos levam mais de R$100 mil em produtos
Bandidos estavam armados e renderam vigia que trabalhava na Toca do Leão

O pai do pequeno Cristian Messi lamentou o ocorrido e gostaria de recuperar apenas as medalhas, que significam bastante para o filho.

Não importa o dinheiro, documentos e relógio. Tudo isso podemos recuperar, mas as medalhas não. Meu filho andava com essa bolsa para todos os lugares, era o xodó. O choro dele, ele me perguntando se já consegui recuperar as medalhas, machuca a todos. Eu só quero as medalhas, pois elas são a materialização do esforço do meu filho, que passou um ano em São Paulo”, falou.

Uma recompensa no valor de R$ 200 foi oferecida pelo tio de Cristian Messi, que joga futsal e futebol de campo. O pequeno atleta atuou pelos clubes Batalha-SP e Prata da Casa-SP Estrela Dourada-SP e vem sofrendo após o furto das medalhas, afirma o tio Cleiton Simões.

“É uma situação muito triste, ela fica pior por se tratar de uma criança. As outras coisas roubadas não queremos, estamos atrás das medalhas, que significam muito para o meu sobrinho. Corta o coração observar ele chorando e saber que essas medalhas não servirão de nada para quem cometeu o roubo. Se alguém souber, tiver informação, entre em contato com a gente”, disse o tio, Cleiton Simões.

Quem souber do paradeiro das medalhas do pequeno Cristian Messi, é só entrar em contato no telefone: 98445-9961.

Remo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES