Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Bonamigo enxerga superioridade do Remo, mas erros no último passa impediram vitória

Técnico azulino lamentou erros de finalização e já pensa na partida contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil

Luiz Guilherme Ramos

A julgar pelos minutos iniciais da partida entre Manaus e Remo, o técnico Paulo Bonamigo poderia supor que seu time sairia da Arena Amazônia vencedor, assim como a torcida azulina, que viu o time ser superior em campo, até tomar um gol aos 40 do segundo tempo, que decretou a primeira derrota na Série C. Sobre o resultado, o técnico Paulo Bonamigo foi direto.

"Jogo de Série C é de intensidade alta, muita marcação. Hoje o Manaus propôs um jogo de marcação forte, contato. Foi muito pegado, onde a técnica ficou de lado e as duas equipes ficaram mais na transpiração que na inspiração. Tivemos certo controle e chance de gol, mas não dá para dizer que futebol é justo. Quem joga melhor e faz os gols vence. Infelizmente a bola não quis entrar", comenta.

Na avaliação do comandante, o volume de jogo apresentado pelo Leão Azul foi suficiente para marcar, mas a falta do último passe dificultou a vida dos atacantes, que tiveram boas chances com Brenner e Pimpão. "Tirando os primeiros 15 minutos iniciais, que foi faltoso, com poucas chances, nós conseguimos colocar a bola no chão, forçar os corredores e chegamos com chance, sem marcar. O adversário foi disciplinado, baixou bloco, esperou a bola e quando ela apareceu foi suficiente".

Sobre a regularidade, Bonamigo viu o Remo com maior posse de bola, boa marcação, não o suficiente para furar o bloqueio defensivo do Manaus, que em vários momentos baixou a marcação, permitindo que o ataque azulino entrasse na área para concluir os cruzamentos das laterais, em especial pelos pés de Ricardo Luz.

"Eu acho que no segundo tempo tivemos mais calma, transformamos o volume de jogo em efetividade, mas não deu para achar um gol. Eles conseguiram gol em um cruzamento na nossa área". O próximo compromisso do Remo, pela Série C, é no sábado, contra o São José-RS, no Baenão. Antes disso, na terça-feira, o Leão Azul volta a campo pela Copa do Brasil, onde enfrenta o Cruzeiro, a partir das 21h30, no Baenão. 

"É início de competição, temos que corrigir algumas coisas, jogadores têm que encontrar melhor forma. Vai ter tempo para recuperar. Fomos melhores que o Manaus, mas não conseguimos vencer. O Pimpão está se entrosando com a equipe. Fizemos uma iniciação boa, uma boa construção. Faltou calma e o último passe, mas eles tiveram mérito, fizeram marcação forte no terço defensivo. Daqui dois dias temos um jogo decisivo e precisamos pensar no Cruzeiro", encerra. Com a derrota, o Remo segue momentaneamente na 10ª posição da Série C, com três pontos. 

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES