Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Tourinho fala sobre tríplice coroa em 2002, visita ao Paysandu e revela 'bicho' na Copa dos Campeões

Ex-presidente do Paysandu, que já foi visto como salvador e vilão do clube, deu entrevista ao jornalista Agripino Furtado, da Rádio Liberal. 

Caio Maia

"Vou ajudar o Paysandu sempre que for necessário". Foi assim que o ex-presidente bicolor, Artur Tourinho, iniciou a entrevista com o jornalista Agripino Furtado, da Rádio Liberal. Nesta quinta-feira (4), dia em que o Papão comemora 20 anos da conquista da Copa dos Campeões, o antigo dirigente do Bicola lembrou dos bons momentos que viveu no comando alviceleste e comparou o título nacional como um "nascimento de um filho".

Whatsapp: saiba tudo sobre o Paysandu. Recêêêba!

"Esse momento é uma recordação muito feliz pra mim. Depois da felicidade que tive com meus filhos, a Copa dos Campeões foi a maior. Conquistamos tudo aquilo com muito trabalho. Houve muito trabalho da comissão técnica e dos jogadores. É uma lembrança de muita alegria para mim", disse.

De salvador a vilão

Em 2006, Paysandu caiu para a Série C pela primeira vez. (Luiz Acosta/Hoje em Dia/AE)

Tourinho foi o presidente da "era de ouro" do Paysandu. Ele esteve no comando do clube durante o início dos anos 2000 e viu de perto as conquistas da Série B, Copa Norte e Copa dos Campeões. O mandatário também esteve presente na participação histórica do Bicola na Copa Libertadores.

VEJA MAIS

Há 20 anos, Vandick regia virada heroica e Paysandu conquistava título inédito da Copa dos Campeões
Com o título, Papão garantiu uma vaga na Copa Libertadores do ano seguinte

Há 20 anos, Paysandu perdia primeiro jogo da final da Copa dos Campeões contra o Cruzeiro, no Mangueirão
Com derrota, Papão precisaria de uma virada heroica na segunda partida para ter chances de título, o que o time conseguiu

No entanto, no final de 2005, o Paysandu foi rebaixado da Série A para a Série B e, no ano seguinte, caiu para a Série C. Com fracassos sucessivos e suspeitas de corrupção, Tourinho deixou o clube pela porta dos fundos, numa decisão que removeu até o seu título de sócio.

Apesar disso, Tourinho voltou ao clube neste ano, no evento em comemoração à conquista da tríplice coroa. Apesar da saída conturbada do Papão, o ex-presidente disse que o retorno à Curuzu para a homenagem já estava sendo articulado com a atual diretoria.

"O convite foi feito pelo presidente. Fiquei no camarote da Curuzu, tirei foto com os atletas, fui homenageado, ganhei camisa. Foi um momento de muita alegria rever aquele grupo espetacular", disse.

"Bicho" na decisão

Paysandu venceu o Cruzeiro na final da Copa dos Campeões (Marcos Michelin/Estado de Minas)

Na entrevista para Agripino Furtado, Tourinho revelou um detalhe que talvez poucos torcedores do Paysandu saibam sobre a final da Copa dos Campeões. Segundo o ex-presidente, toda a premiação da CBF dada ao Bicola foi repassada aos jogadores. A sugestão, inclusive, foi dada pelo então técnico da equipe, Givanildo Oliveira.

Tabela de jogos e classificação

"Duas horas antes do jogo, o Givanildo me procurou. Conversamos muito e ele propôs que, na preleção, eu desse minha palavra aos jogadores de que toda a premiação dada ao clube fosse repassada a eles. O valor, na época, era de R$ 400 mil. Então, antes do jogo, cumprimentei todos os jogadores e garanti que se ganhássemos todo o dinheiro iria ser repartido entre eles. O jogo foi no domingo e três dias depois eu fiz o depósito dos valores para cada um", explicou.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES