Projeto Esporte com Justiça registra ocorrência em jogo do Paysandu e torcedor é autuado

A partida marcou a despedida do Bicola na Série C do Brasileirão

O Liberal

Uma ocorrência de tumulto foi registrada pelo projeto Esporte com Justiça, no empate entre Paysandu e Vitória, realizado no último sábado (24), na Curuzu, na despedida bicolor da Série C do Brasileiro 2022. Por causa disso, o torcedor, que não teve o nome revelado pelo Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), terá que se apresentar duas horas antes, em dias de jogos do Paysandu, no Comando Geral da Polícia Militar pelo período de seis meses.

A transação penal foi homologada pelo juiz Líbio Moura, com a participação do promotor de justiça Nilton das Chagas e do defensor público Lucas Tembra Lima. O projeto Esporte com Justiça é uma ação do Juizado Especial itinerante, que conta com a atuação do Judiciário paraense em parceria com as Polícias Civil e Militar, o Ministério Público e a Defensoria Pública.

VEJA MAIS

Paysandu nega que tenha dado 'calote' na equipe de arbitragem da partida contra o Vitória-BA
Juiz Luiz Flavio de Oliveira disse que taxas não foram pagas. Papão, no entanto, diz que custos não são de responsabilidade do clube. 

Vice do Paysandu rompe com atual gestão e anuncia candidatura à presidência do clube
Felipe Fernandes, eleito em 2020 na chapa de Maurício Ettinger, disse que será oposição à atual diretoria.

De acordo com o projeto, o intuito é garantir a pacificação social por meio da prestação jurisdicional em eventos esportivos com expectativa de mais de 10 mil pessoas, atuando no atendimento de possíveis ocorrências como a venda de ingressos por preço acima da tabela e atos de vandalismo.

Desenvolvido pela Coordenadoria dos Juizados Especiais do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), que tem à frente a desembargadora Maria de Nazaré Gouveia, e implantado há nove anos, o projeto Esporte com Justiça promove a pacificação de eventos esportivos de grande concentração popular. A equipe do projeto teve a coordenação do juiz Líbio Moura e atuação da equipe de servidores e servidoras dos Juizados Especiais do TJPA.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES