Paysandu x Santa Cruz: o duelo de equipes tradicionais na primeira rodada da Série C

Times se enfrentam no estádio da Curuzu, a partir das 17h

Nilson Cortinhas

As frustrações de 2019, cujo momento mais tenso foi a fatídica eliminação para o Náutico-PE, do Brasileirão, ainda permeiam a mente dos torcedores do Paysandu, bem como de atletas remanescentes e da própria diretoria do clube.

O momento para romper com o passado mais doloroso inicia, de fato, neste sábado, a partir das 17h, no estádio da Curuzu. Na estreia do Papão pela competição que é prioridade absoluta, a Série C, o primeiro adversário é o tradicional Santa Cruz-PE.

A julgar pelo mando de campo e pelo momento, há uma tendência que o Paysandu proponha o jogo e tente se aproximar da vitória desde os primeiros minutos. A equipe de Hélio dos Anjos, além da obrigação de pontuar dentro de casa, está com todas as peças à disposição – excetuando-se o volante Yure, que não costuma aparecer entre os titulares.

Nas demais posições, só há dúvidas a respeito de quem será o principal articulador. O meia Alan Calbergue, à despeito dos elogios de Hélio dos Anjos, ainda não deu o ritmo desejado para uma equipe que se ajusta a propor o jogo e a marcar em linha alta. Alex Maranhão é uma opção provável.  

A força bicolor está no sistema ofensivo, que já marcou 26 gols em 12 jogos, considerando a atual temporada em partidas válidas pelo Campeonato Paraense e Copa do Brasil. Contudo, uma análise mais fria traz a certeza que o Papão lida com o campeonato cujo nível é superior, daí, a necessidade de inspiração de referências, como o atacante Nicolas.  

Do lado do Santa Cruz, a fase virou drasticamente. Até então invictos no Campeonato Pernambucano, a Cobra Coral perdeu o título para o Salgueiro por meio de disputas de pênalti. E se não bastasse, acumulou cinco desfalques de atletas titulares para a partida de logo mais - casos dos meias Paulinho, Didira e André, do atacante Victor Rangel, do lateral Fabiano. Dessa forma, os visitantes tendem a explorar a velocidade do experiente Pipico.

Ficha Técnica

Paysandu – Gabriel Leite, Tony, Perema, Micael e Bruno Collaço; Anderson Uchôa, Serginho e Alan Calbergue (Alex Maranhão); Mateus Anderson, Nicolas e Vinícius Leite. Treinador: Hélio dos Anjos

Santa Cruz-PE – Maycon, Toty, William Alves e Danny Morais e Célio (Júnior); Bileu, Tinga e João Cardoso; Pipico, Kleiton e Jeremias. Treinador: Itamar Schülle

Local: Curuzu

Horário: 17h

Árbitro: Diego da Costa Cidral (SC)

Assistentes: Eli Alves (SC) e Gizele Casaril (SC)

Quarto árbitro: Djonaltan Costa de Araújo (PA)

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES