Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Novo meia do Paysandu aguarda liberação para disputar a Série C: 'Estou preparado'

Gabriel Davis aguarda publicação do nome no Boletim Informativo Diário da CBF para se juntar aos comandados do técnico Márcio Fernandes nos próximos dois jogos pela Série C, na Curuzu

Luiz Guilherme Ramos

Contratado para ser opção no setor de criação do Paysandu, o meia Gabriel Davis aguarda regularização para estrear na  Série C  do Campeonato Brasileiro. A expectativa do atleta e do clube é que ele possa atuar nos próximos dois jogos do bicolor paraense. Ambos serão em casa e podem alavancar o time na tabela de classificação. Até o momento, o Paysandu está na 10ª posição, com nove pontos, após a derrota para o São José, na noite do último domingo.

Whatsapp: saiba tudo sobre o Paysandu. Recêêêba!

Gabriel tem 32 anos e estava no Amazonas FC, que disputa a Série D do Campeonato Brasileiro. Fisicamente, segundo o próprio, não há impedimentos para a entrada em campo, onde poderá cumprir a função que antes pertencia ao meia Ricardinho, lesionado e fora da competição nacional.

“Estou preparado. Fiquei fora desse jogo por situações burocráticas e já devo treinar com a equipe esta semana para estar à disposição”, revelou o atleta.

VEJA MAIS

Paysandu faz ação no Ver-o-Peso e inicia vendas de ingressos para o jogo contra o Volta Redonda
Ação com o mascote Lobo e o humorista Epaminondas deu o pontapé nas vendas dos bilhetes

Remo no G8, Paysandu fora e queda dos invictos; veja como está a classificação da Série C
Leão e Papão seguem na famosa 'gangorra' na classificação da Terceirona

Após revés, técnico do Paysandu critica o gramado do São José: 'Não permite jogadas trabalhadas'
Papão perdeu a invencibilidade na Série C e caiu para 10°

Gabriel conta que sua experiência jogando contra o Papão da Curuzu mostra o tamanho da responsabilidade que terá pela frente, sobretudo a de ajudar ao colocar o clube na segunda divisão do futebol nacional. “Eu já joguei muito contra o Paysandu, sei da dificuldade devido a torcida, a tradição. Agora, estando a favor, vejo que vai ser bom para mim. É bom ter o torcedor do seu lado. Isso é o mais importante para conseguir os objetivos”.

O revés sofrido contra a equipe do São José parece ter ficado de lado. A expectativa agora é pelos próximos dois jogos, que serão realizados na Curuzu, contra adversários diretamente ligados à disputa pela parte superior da tabela. “São dois jogos importantes. O primeiro jogo a gente precisa vencer para que o Volta Redonda não nos passe em pontuação, e depois é um confronto direto contra a equipe do Manaus. São dois jogos importantes dentro de casa, com o apoio da nossa torcida e precisamos das vitórias”, entende. 

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES