Morre o lateral-direito Marcos Dobrada, Campeão dos Campeões com o Paysandu em 2002

Ex-jogador, que também passou pelo Remo, estava com problemas de saúde desde 2015, quando sofreu um acidente de carro

O Liberal
fonte

Campeão da Copa dos Campeões com o Paysandu, o ex-lateral-direito Marcos Dobrada morreu nesta sexta-feira (2). O ex-jogador sofria com problemas de saúde desde 2015, quando sofreu um acidente automobilístico. A informação da morte foi confirmada por Vandick Lima, companheiro de Marcos na época em que atuou pelo Papão. 

VEJA MAIS

image Antes de ser xodó da torcida, ex-Paysandu esteve do outro lado na final da Copa dos Campeões; veja
Entre idas e vindas do futebol, o volante Augusto Recife conheceu bem a paixão do torcedor bicolor, antes mesmo de vestir o uniforme azul celeste por quatro temporadas

image Na história do Mangueirão, Luís Roberto relembra Grand Prix de Atletismo e título do Paysandu
Narrador disse em entrevista ao O Liberal que esteve em todas as fases do estádio: do Mangueirão pela metade até o Olímpico do Pará.

image Genilson iguala marca histórica de Gino no Paysandu e comemora: 'muito feliz'
Jogador chegou a oito gols na temporada pelo Papão. Número é igual ao do capitão bicolor na Copa dos Campeões em 2002.

"Dia triste. Perdemos nosso lateral Campeão dos Campeões Marcos Dobrada. Ficarão para sempre em nossas memórias suas jogadas, seus gols e principalmente sua alegria. Que Deus te receba de braços abertos e conforte o coração da família e amigos", postou em uma rede social.

Ainda na manhã desta sexta-feira, o Paysandu emitiu uma nota decretando luto oficial de três dias, deixando as bandeiras da sede social e do Estádio da Curuzu à meio mastro. Nas redes sociais, o clube se solidarizou com a família de Marcos Dobrada, relembrando lances de usa passagem marcante pelo clube em 2002.

"Irreverente e alegre. Assim era o Marcos, nosso lateral-direito que teve participação importante na conquista da tríplice coroa, há 20 anos. Hoje acordamos com a triste notícia da sua partida. Nos solidarizamos com seus familiares, amigos e torcedores. Descanse em paz, Dobrada", postou o Papão.

O Paysandu também relembrou o currículo vitorioso do ex-lateral com a camisa alviceleste: "Marcos Dobrada, como foi apelidado carinhosamente pelos seus colegas, teve participação importante na conquista dos três troféus que o clube ergueu em 2002, Campeonato Paraense, Copa Norte e Copa dos Campeões, além de atuações de destaque no Campeonato Brasileiro da primeira divisão", relembrou o clube.

A saúde de Marcos ficou ainda mais debilitada em 2020, quando o ex-jogador sofreu uma parada cardíaca. Na época, ele chegou a ser reanimado e sobreviveu, mas foi internado em várias outras oportunidades, ainda com sequelas do acidente sofrido em 2015. 

image Campeão dos Campeões, Vandick relembra auge no Paysandu e explica decisão de aposentadoria
Ex-jogador também falou sobre o carinho com a menina Géssica, torcedora do Paysandu, que lutava contra um câncer e foi uma espécie de "talismã" daquela campanha.

image Virada de chave: Título da Copa dos Campeões em 2002 mudou carreira de jogadores do Paysandu
Vanderson, Vélber e Magnum contam que, após o título nacional, protagonizaram transferências de peso no mercado brasileiro. 

Acidente

Na ocasião, Marcos estava voltando de uma festa de aniversário, quando seu carro foi atingido por outro veículo conduzido por um motorista alcoolizado, na contramão. No carro em que o ex-jogador estava, apenas ele sobreviveu.

Marcos sofreu fraturas nas pernas, braços, afundamento de tórax e lesões cerebrais, que acabaram por deixá-lo sem os movimentos do braço e perna esquerdos. Após diversas cirurgias e uma traqueostomia malsucedida, o ex-jogador passou a ser alimentado por meio de sonda.

Carreira no futebol

Apesar de ter uma rápida passagem pelo Remo, em 2006, o lateral ficou marcado com a camisa do Paysandu nas conquistas da Copa Norte, Copa dos Campeões e Parazão, em 2002. No Papão, o jogador atuou em 26 partidas e marcou três gols.

image Marcos passou pelo Remo em 2006 (Marcelo Seabra/Arquivo O Liberal)

Além da dupla Re-Pa, Marcos acumulou passagens por Coritiba, Fortaleza, Marília, ASA e Náutico, até se aposentar pelo Olímpia-SP, em 2010. 

 

Paysandu
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES