Meia do Paysandu, Tiago Luís sobre preconceito de jogadores sulistas contra o futebol do Norte: 'Não acompanham'

Tiago Luís fez carreira no Sul e Sudeste do país

Andre Gomes

Convidado do programa Abre Jogo, que será exibido em breve, o meia do Paysandu Tiago Luís falou sobre vários assuntos, entre eles a questão do preconceito por parte dos sulistas contra o futebol do Norte. Segundo Tiago, que fez a maior parte da carreira no Sudeste e Sul do país, isso se dá pela falta de conhecimento em relação aos nortistas e dá a estrutura do Papão como exemplo.

"Muitas pessoas não conseguem acompanhar o Paysandu por ser longe, acompanham mais o futebol de outros estados. Mas quem não conhece e vem, vê todo uma estrutura, um estádio bem feito, um hotel para os jogadores descansar, uma alimentação saudável muito boa, uma academia muito boa, uma fisioterapia que tem até pilates, vê que aqui é diferente. Muitas pessoas tem a desconfiança, mas quando vêm para cá, não quer sair", revelou.

Tiago Luís foi mais além, ele citou os companheiros de região e clube que decidiram permanecer na Curuzu para exemplificar que, ao conhecerem a realidade do Paysandu, os jogadores olham para o Bicolor com outros olhos.

"Pode pegar nosso exemplo, renovaram: Bruno Collaço, que nessa área, acho que só jogou no Náutico-PE, o próprio Micael, que também é do sul e rodou mais por lá, o próprio Nicolas, que vive um dos melhores momentos da carreira, então, vários jogadores que é de lá de baixo (sul do país) tem o maior respeito. A gente sabe a torcida calorosa que o Paysandu tem", complementou Tiago.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES