Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

CT do Paysandu custará R$10 milhões; clube lançará programa de adesão ao sócio-torcedor para custear obra

Papão inicia obra na próxima quinta-feira (05)

Redação Integrada

Como a reportagem de O Liberal havia anunciado com exclusividade, a diretoria do Paysandu confirmou que retomará a obra do CT Raul Aguilera. A informação foi publicada, de forma oficial, em matéria do site bicolor. Uma cerimônia no local está agendada para quinta-feira (5), às 13h30, no local. O CT fica localizado na rua Osvaldo Cruz, bairro de Águas Lindas, em Belém. Entre as novidades, o presidente do clube, Ricardo Gluck Paul, informou que será lançado um programa de adesão ao sócio-torcedor para que os torcedores possam colaborar com a construção do CT.

Etapas 

Empresas foram contratadas para dar andamento a supressão vegetal, que é a retirada de árvores e limpeza do terreno. O Paysandu informou que "Depois que o terreno estiver preparado, uma terceira empresa será contratada para construir três campos de futebol e um pequeno alojamento com área administrativa". 

Para um outro momento, o projeto prevê a construção de mais dois campos de futebol, hotel com auditório, refeitório, academia, piscina e  departamento de saúde. 

O valor total é estimado em em R$10 milhões a R$12 milhões. O clube prevê que o Centro de Treinamento Raul Aguilera fique 100% pronto em um prazo de três anos.
A primeira etapa teve os valores revelados pelo presidente da Comissão de Obras, João Bosco. "Devemos gastar cerca de R$ 140 mil para fazer a retirada das árvores, sendo R$ 80 mil para a empresa que fará o serviço e R$ 60 mil para a empresa de consultoria que vai nos orientar a fazer tudo da maneira correta, com acompanhamento de um engenheiro florestal e de um engenheiro agrônomo. Essa consultoria é muito importante para garantir que tudo seja fiscalizado e feito da forma certa, sem risco de o clube ser penalizado com multa". 

A compensação ambiental foi um tema tratado por Ricardo Gluck Paul. "Nós nos comprometemos a fazer manutenção de praças, plantação de árvores e programas de educação ambiental para a comunidade de Águas Lindas, além de outras ações. É um processo demorado e longo, mas nós estamos cumprindo com a lei e acima de tudo agindo com respeito com o meio ambiente e também com as pessoas que vivem ali perto"..

Espera 

O terreno foi adquirido pelo Paysandu em 2016. Foram dois anos em que o clube obteve as licenças necessárias, junto aos órgãos públicos competentes. 

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES