#if(!$m.request.preview.inPreviewMode)
CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
#end

Artilheiro do Paysandu na temporada, Nicolas espera desencantar contra o ex-clube

O Papão terá pela frente o Goiás, vice-lider da Série B, na oportunidade ideal para que o goleador do clube faça as pazes com as redes

Luiz Guilherme Ramos
fonte

Logo que aportou na Curuzu, o atacante Nicolas tratou de mostrar serviço no Parazão. Foram oito gols nos oito primeiros jogos. Após a bela apresentação, o jogador reduziu a letalidade, mas não deixou de ser importante para o time. Na série B, no entanto, a jornada tem sido um pouco mais exaustiva e o jogador ainda não deixou sua marca, aumentando a expectativa do torcedor pelo reencontro com os gols. Amanhã Nicolas terá a oportunidade ideal, diante da torcida, em plena Curuzu, contra o ex-clube, o Goiás. 

WhatsApp: saiba tudo sobre o Paysandu

Apesar do jejum, o atacante não acredita que ele ou o time esteja sob uma pressão anormal, afinal de contas, a vice-lanterna ocorre na quinta rodada de um campeonato com 38, ou seja, nada está decidido, ao menos na visão do atacante. 

"Acho que essa tabela inicial não reflete muito o que será a competição. Temos que nos preocupar em vencer, sobretudo quando o jogo é em casa, com esse contra o Goiás. Essa pressão, o atleta vive assim, na necessidade de sempre estar ganhando. Todos os dias são assim. Não tem um mês que fomos campeões estaduais e precisamos provar de novo, todos os dias, mas é uma pressão nossa. Precisamos evoluir, mas não vejo uma pressão anormal. Quem joga aqui precisa estar acostumado a vencer".

VEJA MAIS

image Em uma semana, Paysandu fará menos treinos do que jogos pela Série B
Nesta quarta (15), o Bicola recebe o Goiás-GO, em casa, mas viaja logo em seguida, para enfrentar o Amazonas-AM, no sábado (18).

image VÍDEO: Atacante Nicolas, do Paysandu, critica o Ceará: 'Desorganizado e sem convicção'
Atacante do Paysandu disse que o clube alencarino era bastante desorganizado no período em que esteve defendendo o Vovô

image Paysandu x Goiás: clube goiano possui 2 atletas ex-Remo no elenco; um deles é parceiro de Pikachu
Papão recebe o Goiás em Belém, em uma situação delicada. Equipe goiana está brigando na parte de cima da tabela e Paysandu tenta a primeira vitória na Série B

A tranquilidade, no entanto, não significa calmaria, pois entre eles a exigência pelos resultados está na própria rotina de trabalhos. "A comissão não aceita não estar pontuando. Eu tenho certeza que é uma pressão boa. Precisamos fazer um bom jogo, sabendo das dificuldades, qualidade do adversário, mas em casa somos muito fortes, principalmente com a nossa torcida. Temos feito bons jogos e amanhã não será diferente", conta. 

Ao deixar o Paysandu, no início de 2021, Nicolas seguiu para o Goiás, onde permaneceu por três temporadas, seguindo depois para o Ceará e retornando ao Papão. Por conta disso, o duelo desta quarta-feira tem um incentivo. Quem sabe contra o Esmeraldino ele, enfim, desencanta na Série B.

"Espero, mais do que nunca, que isso aconteça. Estou muito focado para isso. No último jogo deu uma assistência. No momento tenho amigos do lado de lá, no clube onde joguei três temporadas. Eles me conhecem e eu os conheço. Estarei preparado para jogar e buscar a vitória, que é o mais importante", completa. Paysandu e Goiás se enfrentam às 21h30 desta quarta-feira (15), na Curuzu.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Paysandu
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES