UFC: cantor Drake perde R$ 10 milhões em aposta contra o brasileiro Alex ‘Poatan’

Cantor apostou na vitória do nigeriano Israel Adesanya que foi nocauteado pelo brasileiro no último round

Aila Beatriz Inete
fonte

O cantor Drake entrou para o mundo das apostas e tem tentado faturar um dinheiro extra com os palpites em lutas de MMA. Desta vez, o canadense saiu no prejuízo. O artista apostou na vitória de Israel Adesanya em cima de Alex Poatan, no último sábado (12), no UFC 281. No entanto, o brasileiro acabou nocauteando o nigeriano e conquistou o título do peso-médio do Ultimate.

O prejuízo de Drake está estimado em 2 milhões de dólares, cerca de R$ 10 milhões na cotação atual.  Se o cantor tivesse acertado o resultado da luta, ele teria faturado mais de R$ 15 milhões. 

VEJA MAIS 

image No UFC 281, Poatan nocauteia nigeriano no último round e é campeão dos médios
Alex Pereira reconquista título, que estava longe do Brasil desde 2013

image Lollapalooza Brasil 2023: Blink-182, Drake e Billie Eilish são confirmados no festival; veja a lista
Entre os nomes de peso que marcam a listagem, Blink-182, Drake e Billie Eilish integram a lista de headliners que fecharão as noites do evento; veja

image Drake revela que tem cinco namoradas ao mesmo tempo e que assiste pornô todos os dias
O rapper fez várias revelações sobre a sua vida íntima e sexual durante uma entrevista

Esta não é a primeira vez que Drake perde uma quantia muito alta em apostas. Recentemente, o artista apostou na vitória do ex-campeão do UFC José Aldo em cima de Merab Dvalishvili, mas o brasileiro perdeu a disputa e o cantor R$ 1,2 milhão. 

A luta 

Adesanya e Poatan se enfrentaram pela terceira vez com o combate no UFC 281, sendo duas vezes no kickboxing e uma no MMA. Assim como nas outras vezes, o brasileiro saiu vencedor. Perdendo o combate, no último round, Alex foi para cima do nigeriano e conseguiu conectar bons golpes e nocauteou o adversário. 

Com isso, Poatan conquistou o cinturão do peso-médio - o primeiro brasileiro a conseguir o feito após o reinado de Anderson Silva na categoria.

(Aila Beatriz Inete, estagiária, sob supervisão de Pedro Cruz, coordenador do Núcleo de Esportes)

Mais Esportes
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM MAIS ESPORTES

MAIS LIDAS EM ESPORTES