Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Time paraense é vice-campeão do Regional de Futebol para Cegos e garante acesso à Série A

Na final, realizada no último domingo (12), o CFPC perdeu por 1 a 0 para o UNIACE, de Brasília

Aila Beatriz Inete

O Clube de Futebol para Cegos do Pará (CFCP) ficou com o segundo lugar do Campeonato Regional Centro-Norte da modalidade após perder a final para a União dos Atletas Cegos do Distrito Federal (UNIACE). A competição foi realizada na última semana, no Ginásio do Sesi, em Ananindeua. 

Na final, realizada no último domingo (12), o CFCP perdeu por apenas 1 a 0 para o UNIACE, representante de Brasília. Com o resultado, a equipe paraense conseguiu o acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol para Cegos. 

Nas redes sociais, a equipe agradeceu o apoio da torcida e elogiou o trabalho do time. 

“Depois de uma campanha incrível e apesar de todos os obstáculos que surgiram ao longo do caminho, conseguimos conquistar o segundo lugar no Campeonato Regional Centro-Norte de Futebol de Cegos. Através do nosso resultado conseguimos alcançar um objetivo muito importante: o acesso para a série A do Campeonato Brasileiro”, disse a publicação. 

Ao todo, nove equipes participaram do Campeonato Regional Centro-Norte de Futebol para Cegos, que foi sediado pela primeira vez no Pará. 

VEJA MAIS 

Equipes disputam o Campeonato Regional de Futebol de Cegos em Ananindeua
Nove times brigam pelo título da competição, que classifica para a Série A e B do Brasileiro de Futebol de cinco

Bronze em Grand Prix de judô, paraense sonha com vaga nas Paralimpíadas de Paris
Larissa Oliveira foi um dos destaques brasileiros na competição, que soma pontos para o ranking mundial

De olho na Paralimpíada, paraenses conquistam medalhas em Grand Prix de Judô no Cazaquistão
Thiego Marques e Larissa Oliveira conquistaram as medalhas de prata e bronze, respectivamente

Além do CFCP, outros dois paraenses estavam registrados na competição, a Associação dos Deficientes Visuais de Parauapebas (ADVP) e a Associação dos Deficientes Visuais do Baixo e Médio Amazonas (ADEVIBAM), de Santarém. 

Apesar de o Pará ter começado o torneio com três representantes, apenas dois times continuaram na competição. Na segunda rodada, a Adevibam não compareceu ao jogo sem apresentar justificativa e acabou sendo desclassificada. 

(Aila Beatriz Inete, estagiária, sob supervisão de Pedro Cruz, coordenador do Núcleo de Esportes)

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM MAIS ESPORTES

MAIS LIDAS EM ESPORTES