Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Equipes disputam o Campeonato Regional de Futebol de Cegos em Ananindeua

Nove times brigam pelo título da competição, que classifica para a Série A e B do Brasileiro de Futebol de cinco

Aila Beatriz Inete

A Região Metropolitana de Belém está sendo palco do Campeonato Regional Centro-Norte de Futebol de Cegos. A competição começou na segunda-feira (6) e vai até o próximo domingo (12), no Ginásio do Sesi, em Ananindeua. Ao todo, nove equipes disputam o torneio que classifica para a Série A e B do Campeonato Brasileiro de Futebol de cinco. 

O time anfitrião é o Clube de Futebol para Cegos do Pará (CFCP), de Belém. A equipe já foi campeã em 2017 e busca o segundo título. Além disso, outros dois paraenses participam da disputa. A Associação dos Deficientes Visuais de Parauapebas (ADVP) e a Associação dos Deficientes Visuais do Baixo e Médio Amazonas (ADEVIBAM), de Santarém. 

“Foi com muita dificuldade que o CFCP conseguiu trazer o evento para o estado e com muita luta conseguimos realizá-lo. Não tivemos apoio público, mas tivemos a ajuda do Sesi e a da FIEPA com a liberação do ginásio", relatou o professor Jordan França, um dos organizadores da competição. 

VEJA MAIS 

De olho na Paralimpíada, paraenses conquistam medalhas em Grand Prix de Judô no Cazaquistão
Thiego Marques e Larissa Oliveira conquistaram as medalhas de prata e bronze, respectivamente

Bronze em Grand Prix de judô, paraense sonha com vaga nas Paralimpíadas de Paris
Larissa Oliveira foi um dos destaques brasileiros na competição, que soma pontos para o ranking mundial

Esta é a primeira vez que o estado é palco da competição e, com isso, clube da capital paraense espera que o esporte tenha mais destaque no cenário regional e apoio. 

“Esperamos que a modalidade paralímpica tenha mais visibilidade aqui no estado, que o poder público possa contribuir mais com o esporte, porque o esporte paralímpico proporciona muita autonomia para a pessoa com deficiência e é uma transformação social”, ressaltou Jordan França. 

A modalidade é exclusiva para cegos ou deficientes visuais. As partidas, normalmente, são em uma quadra de futsal adaptada, O goleiro é o único do time que pode ter a visão total.

Os jogos começam a partir das 8h no ginásio do Sesi, localizado na rua Mario Covas. A final do torneio está marcada para o próximo domingo (12), às 10h12. 

Equipe que disputam o título do campeonato

Chave A

Associação Mato-Grossense de Cegos (AMC/MT)

Clube de Futebol para Cegos do Pará  (CFCP/PA)

Associação dos Deficientes Visuais de Parauapebas (ADVP/PA) 

União dos Deficientes Visuais de Manaus (UDEVIMA/AM)

Chave B

Associação dos Deficientes Visuais do Baixo e Médio Amazonas (ADEVIBAM/AM) 

Associação de Cegos para Esporte e Lazer de Goiás (ACELGO/GO)

União dos Atletas Cegos do Distrito Federal (UNIACE/DF)

Instituto Sul-Matogrossense para Cegos Florivaldo Vargas - ISMAC/MS 

Associação Desportiva de Futsal do Distrito Federal  (ADEF/DF)

(Aila Beatriz Inete, estagiária, sob supervisão de Pedro Cruz, coordenador do Núcleo de Esportes)

 

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM MAIS ESPORTES

MAIS LIDAS EM ESPORTES