Paysandu cria comissão técnica para comandar time adulto de futsal

Fisioterapeuta, analista de desempenho, preparador físico compõe o quadro da nova equipe bicolor

Braz Chucre

Mesmo com campeonato estadual ainda sem data pra começar, o Paysandu está se organizando para montar uma forte equipe visando a conquista do título de campeão.

O Papão criou uma comissão formada por profissionais com o objetivo de acompanhar toda preparação dos atletas, de forma conjunta.

Na equipe tem presença dos profissionais como Jean da Silva, fisioterapeuta, que trabalha na prevenção e reabilitação de atletas.

Jean fez parte do departamento de saúde do futebol feminino do Pinheirense no ano de 2017, quando o time icoaraciense se sagrou Campeão Brasileiro da série A2.

Kaio Mercês, analista de desempenho, com boa história no futsal paraense. Ano passando compôs a comissão técnica do Clube do Remo.

Kleber Seabra, preparador físico. É ex-atleta do futsal com passagem por clubes regionais e nacionais, como Minas Tênis Clube e seleção Brasileira Universitária.

Ricardo Lima, preparador de goleiro, cujo currículo presencial constam de títulos da Copa Norte e do Campeonato Paraense.

Técnico

A comissão será comandada pelo técnico Dedé [Márcio Matos], paraense que estava trabalhando no futsal de Manaus [AM]. Dedé, revelado o extinto Sesi, se transferiu para o futsal da Espanha onde passou várias por temporadas. Jogou ainda pelos clubes brasileiros, Malwee, Internacional, Banespa, entre outros.

Ronaldo Arruda, antes comandante do time adulto, retorna ao time sub-20 e também sub-17. Arruda se identifica muito com a categoria de base com várias conquistas. Ganhou o título sub-20 de 2019.

 Maurício Fiuza, coordenador do futsal bicolor, diz que o Paysandu tem como objetivos ser campeão paraense e boa campanha na Copa do Brasil. “Estamos nos organizando, mesmo sem saber quando começa às competições. Há previsão da Copa do Brasil começar no mês de agosto. Vamos espera pela confirmação da CBFS”, diz.

Nesse novo futsal bicolor Fiuza tem como diretores Naldo Ramos e Álvaro Tavares. “Queremos o crescimento da nossa modalidade, ver o público nos ginásios prestigiando os nossos jogos. Temos uma boa equipe de apoio para desenvolver um bom trabalho e fazer voltar o Paysandu a ter visibilidade em nível nacional”, destaca.

O último campeonato ganho pelo Papão aconteceu no ano de 2015. O Bicola quebrou um jejum de 36 anos. Na história, são seis títulos. O mais importante foi o de 1956, como primeiro campeão paraense de futsal.

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES