Nos Estados Unidos, paraense Larissa Pacheco vence canadense em evento de MMA

Larissa venceu Bobbi Jo Dalziel, no primeiro round

Fábio Will

"Retomar o caminho das vitórias não foi tão fácil, mas estou muito feliz com isso". Foi desta forma que a paraense Larissa Pacheco, de 24 anos, resumiu a vitória sobre a canadense Bobbi Jo Dalziel, PFL (Professional Fighters League) , em Nova Jersey, nos Estados Unidos.

Pacheco, que já passou pelo UFC, derrotou a canadense com uma finalização por chave de braço, ainda no primeiro round, e exaltou a preparação, que foi realizada em Marituba.

"A preparação foi toda em Marituba com a equipe JB e meu mestre e foi tudo bem estudado. Foi uma preparação dura, com a parte física bem intensa, além do treino de jiu jitsu específico. Voltei a praticar tudo de antes, de uma forma bem mais forte", falou.

Essa foi a 15ª luta de atleta, que possui um cartel de 12 vitórias e apenas três derrotas. "Trabalhei bastante e vou continuar pra que as próximas vitórias venham. Foi muitio importante porque me levou a um novo patamar dentro do evento. Felicidade é o real sentimento!"

Com a vitória, Pacheco passou para as semifinais do PFL e vai encarar outra canadense na luta pela vaga na finalíssima do torneio: Sarah Kaufman. "A competição é um torneio com quatro lutas, sendo duas primeiras regulares e as demais são semi e finais. Essa menina que ganhei me deixou em quarto lugarAgora, vamos lutar para definir primeiro, segundo e terceiro lugares. A edição vale um milhão de dólares", frisou.

ASSISTA AO MOMENTO FINAL DA LUTA DE LARISSA PACHECO

 

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!