Lutador paraense do UFC mantém treinos apesar do coronavírus; precauções são adotadas

Deiveson Figueiredo visa revanche contra Joseph Benavidez por cinturão

Andre Gomes

Apesar da pandemia do covid-19, o coronavírus, o lutador paraense Deiveson Figueiredo vai manter os treinamentos. O atleta visa uma revanche contra Joseph Benavidez, novamente pelo cinturão dos moscas do UFC, após Deiveson nocautear o norte-americano - no fim de fevereiro -, porém, ficar sem o título, por não conseguir bater o peso da categoria. Em contato com a equipe de esportes de O Liberal, o paraense deu detalhes.

"Hoje (18) entramos em discussão e tomamos a decisão de seguir o fluxo. Vamos fechar a academia [Marajó Brothers] por 15 dias e eu vou manter meu treinamento em lugares abertos, para não perder o foco em uma possível revanche contra Benavidez, no dia 11 de julho", revelou Deiveson.

Pouco antes da entrevista, foi confirmado o primeiro de caso de coronavírus em Belém. O Instituto Evandro Chagas fez a confirmação às 15h em um paciente que esteve no Rio de Janeiro na época do carnaval. Ainda assim, Deiveson disse que os planos, à princípio, não mudarão, mesmo conhecendo os riscos.

"A decisão já foi tomada e agora estou entrando em contato com os treinadores para que mantenham os treinos para aqueles que estão de luta marcada. E eu vou fazer o mesmo, vou manter meus treinos".

PRECAUÇÕES

Para prevenir o contágio, a orientação é cultivar hábitos de higiene como: lavar as mãos corretamente, cobrir o rosto ao tossir ou espirrar, usar álcool gel. Além disso é necessário evitar aglomerações, não compartilhar objetos pessoais e manter o ambiente sempre ventilado.

Pensando nisso, Deiveson contou que algumas precauções serão tomadas por ele e pela sua equipe."Vamos fazer treinos sem contato físico. Apenas corridas longas, manoplas e correções de golpe", concluiu.

EVENTOS CANCELADOS

Com o decreto no governo do Pará no qual está proibida a realização de eventos com 500 ou mais pessoas, eventos de MMA são cancelados. A Porto Fight, que realizaria a 11ª edição em Porto de Moz, na região oeste do estado, e o LA Combate 4, que ocorreria em Rio Maria, sudeste paraense, foram adiados por causa da medida.

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES