Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Lewis Hamilton descarta aposentadoria da Fórmula 1: ‘Esse dia ainda não chegou’

Heptacampeão mundial, o piloto da Mercedes disse também que ainda pode voltar para briga pelo título

Aila Beatriz Inete

Mesmo com o início da temporada de 2022 da F1 complicada para Mercedes, o heptacampeão mundial Lewis Hamilton ainda não pretende encerrar a carreira. O piloto inglês disse, em entrevista ao jornal italiano Corriere della Sera, que ainda sente o mesmo prazer atrás do volante e, por isso, parar não é uma opção para ele. 

“Vamos pegar esta temporada. Provavelmente, não vou ganhar o título, mas sinto o mesmo prazer em correr de quando comecei. Por que eu deveria parar? Talvez um dia eu não aguente mais a pressão, estarei cansado, mas esse dia ainda não chegou”, afirmou o inglês.

Desde o final da temporada passada, quando Lewis perdeu o título para Max Verstappen na última volta do polêmico GP de Abu Dhabi, surgiram rumores sobre uma possível aposentadoria do inglês. No entando, Hamilton, que está com 37 anos, voltou para cumprir o contrato que tem com a Mercedes até o ano que vem. 

VEJA MAIS 

Lewis Hamilton envia mensagem a Mauro, pai de Anitta, antes de cirurgia
Painitto como é conhecido é fã do piloto de Fórmula 1 e se emocionou ao ver o vídeo antes da cirurgia para a retirada de um tumor

Lewis Hamilton participa de evento em São Paulo e diz: ‘Estou esperando meu passaporte brasileiro'
Heptacampeão mundial foi a principal atração do VTEX DAY, mesmo congresso que trouxe Barack Obama em 2019

Projeto de lei pode dar a Lewis Hamilton o título de cidadão honorário do Brasil
Nas redes sociais, o piloto inglês disse que ficaria ‘honrado’ com a homenagem

Por conta dos constantes problemas com o carro, Hamilton não teve um começo de temporada fácil. O heptacampeão é apenas o sexto colocado, com 50 pontos, 75 atrás do líder, Max Verstappen. Mesmo longe da briga pelo título, o inglês ainda acredita que pode conseguir chegar e disse que tem tudo o que precisa na equipe. 

“Claro que acredito [que posso voltar a brigar pelo título]. Estou com esses caras [Mercedes] há 10 anos. Eu sei como eles funcionam e o tipo de cultura que nós temos: ganhamos e perdemos juntos. Eles estão muito motivados. Eles dão suas almas para tentar nos levar de volta ao topo”, concluiu Hamilton.

(Aila Beatriz Inete, estagiária, sob supervisão de Pedro Cruz, coordenador do Núcleo de Esportes)

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM MAIS ESPORTES

MAIS LIDAS EM ESPORTES