Jovem de Ananindeua conquista medalha de prata em campeonato Mundial de Hip Hop

Lívia Gadelha, de 18 anos, é aluna do projeto social de Hip Hop da prefeitura.

Cultura
fonte

A paraense Lívia Gadelha, de 18 anos, é o novo destaque da cultura Hip Hop no Brasil. No dia 17 de maio a atleta participou do campeonato Mundial Escolar de Gymnasiade, na França, onde conquistou a medalha de prata na modalidade Breaking, categoria individual. A informação foi divulgada pela Prefeitura de Ananindeua.

Lívia faz parte do projeto social de hip hop do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Estrela Ananin, da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Trabalho (Semcat) de Ananindeua.

"Desde os 4 anos de idade comecei a fazer alguns passos, pois queria imitar meu pai (Luiz Carlos Gadelha) e meu tio (Paulo Sérgio) que são meus espelhos no breaking, como break-boys. O papai começou a me ensinar e me levar para as aulas que ele dá no CRAS para crianças e adolescentes", recorda a jovem, que começou a treinar para campeonatos aos 15 anos. "Um dos meus sonhos se tornaram realidade, que foi participar de um campeonato mundial", afirmou.

O Gymnasiade reuniu cerca de 3 mil estudantes de 16 a 18 anos de 69 países. O Brasil foi o segundo colocado no quadro de medalhas, com 126 pódios (45 ouros, 45 pratas e 36 bronzes), ficando apenas atrás dos anfitriões franceses, que conquistaram 130 medalhas, sendo 51 de ouro. 

"Quando falaram meu nome, meu coração disparou e foi a mil. Pra mim, essa medalha de prata representa a medalha de ouro, foram dias e dias treinando de manhã e de noite para conquistá-la, além de todo o esforço que meu pai e meu tio fizeram para conseguir recursos para eu poder chegar até aqui", comemorou a jovem, que também agradeceu ao CRAS.

"Hoje sou atleta no Estilo de Belém Breaking, filiada ao Conselho Nacional de Dança Desportiva (CNDD) e fui representar o Brasil pela Confederação Brasileira de Jogos Escolares (CBDE)", comemorou Lívia.

O próximo passo da atleta paraense é representar o Brasil nas Olimpíadas de Paris em 2024, o breaking será uma das modalidades estreantes no campeonato. A dança esportiva foi oficializada nos Jogos pelo Comitê Olímpico Internacional, em dezembro de 2020. "Estou treinando todos os dias para entrar nesse time em 2024 e trazer a medalha para o Brasil", compartilhou Lívia.

Com a conquista do 2ª lugar no mundial, Lívia deu um passo importante para conseguir uma das 32 vagas para participar do campeonato.

Mais Esportes
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM MAIS ESPORTES

MAIS LIDAS EM ESPORTES