Empresário de Lyoto Machida está negociando trilogia com Maurício 'Shogun' para o UFC Rio

Jorge Guimarães disse que seria uma ótima oportunidade para os lutadores encerrarem suas carreiras

Aila Beatriz Inete

O UFC retorna ao Brasil em 2023, no Rio de Janeiro. Além da possibilidade de ter Deiveson Figueiredo x Brandon Moreno 4 no card do evento, outro reencontro pode ocorrer: a trilogia entre Lyoto “The Dragon” Machida e Maurício “Shogun” Rua. Segundo o empresário do paraense, Jorge Guimarães, ele está negociando a luta entre os dois. 

“Quando ouvi que Shogun faria sua última luta no UFC Rio, imediatamente liguei para Hunter Campbell oferecendo Lyoto para uma trilogia. Hunter me disse que inicialmente eles estavam planejando para alguém como Tyson Pedro enfrentar Shogun, mas gostou da ideia e me disse que falaria com Dana White”, revelou o empresário em entrevista ao site norte-americano “Sherdog”.

Para Jorge Guimarães, o combate entre os dois vai empolgar a torcida e será uma grande despedida dos octógonos para os atletas - revelando os planos para a aposentadoria de Lyoto. 

VEJA MAIS 

Lyoto Machida perde quarta luta seguida no Bellator e pode deixar a organização; entenda
Lutador radicado no Pará foi nocauteado pelo americano Fabian Edwards.

Após rivalidade no UFC, Chael Sonnen fala sobre relação com Anderson Silva: 'minha última conexão'
Anderson e Sonnen se enfrentaram duas vezes na carreira, com duas vitórias do brasileiro

Quarta luta entre Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno vai ocorrer no UFC Rio, diz jornalista
Organização estaria ajustando os últimos detalhes para o combate ocorre no Brasil, em 2023

“Não tenho dúvidas de que o público brasileiro amaria esse confronto. Dois campeões, duas lendas do esporte, uma vitória para cada lado, fazendo o tira-teima na noite da aposentadoria de ambos. Shogun já está no Hall da Fama, Lyoto também merece”, destacou Jorge Guimarães. 

Lyoto e Shogun se enfrentaram pela primeira vez em 2009, em disputa do cinturão dos meio-pesados do UFC. Neste primeiro combate, Machida venceu por decisão dos juízes e ficou com o título da divisão. 

Na revanche, em 2010, Shogun nocauteou Lyoto no primeiro round e quebrou a invencibilidade do paraense. No ano seguinte, Maurício perdeu o cinturão da categoria para Jon Jones.

Lyoto Machida está com 44 anos e vem de quatro derrotas seguidas, todas pelo Bellator. O último revés foi em maio deste ano, quando ele perdeu para Fabian Edwards por nocaute, no primeiro round. Na carreira, “The Dragon'' tem 26 vitórias e 12 derrotas. 

Já Maurício Shogun tem 40 anos e perdeu seus últimos dois combates, o mais recente foi contra Ovince St. Preux, por decisão, no UFC 274, em maio de 2022. O lutador tem 27 vitórias e 13 derrotas no cartel. 

Até o momento, o UFC 283 Rio tem duas lutas marcadas: Gabriel Bonfim enfrenta Mounir Lazzer e Gregory Robocop encara Brad Tavares. Além disso, Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno podem fazer a quadrilogia no evento, assim como Glover Teixeira e Jiri Prochazka podem disputar o cinturão do peso-meio-pesado.

(Aila Beatriz Inete, estagiária, sob supervisão de Pedro Cruz, coordenador do Núcleo de Esportes)

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM MAIS ESPORTES

MAIS LIDAS EM ESPORTES