Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Torcedores da dupla Re-Pa comemoram aumento do público nos estádios: ‘Não vejo a hora’

Novo decreto do Governo do Estado permite 50% da lotação das arenas

O Liberal

Depois de quase um ano e meio, o público paraense voltou aos estádios. Primeiro foi a vez dos azulinos, que assistiram a partida entre Remo e Náutico, válida pela 26° rodada da Série B. Já na última segunda-feira (11), no jogo contra o Botafogo-PB, o Paysandu voltou a ter a presença do torcedor. Nesta semana, o Governo do Estado autorizou o aumento de 30% para 50% do limite de ocupação nas arenas. A decisão é comemorada por torcedores da dupla Re-Pa. 

Aumentou: novo decreto autoriza 50% de público nos estádios do Pará Mudança passar a valer a partir desta quinta-feira (14), após publicação do Diário Oficial do Estado. Antes, só estava permitida a ocupação máxima de 30%

“O aumento da capacidade dos estádios, na atual conjuntura da pandemia, é uma coisa muito compreensível para mim. O torcedor quer estar mais perto do clube do coração, da forma que seja. Somos todos apaixonados e é mais do que justo aumentar o número de torcedores no estádio. Claro, tudo isso tem que ser feito com todos os protocolos necessários”, declarou o remista Diego Rodrigues.. 

Uma das reclamações, com a liberação de 30% do público, era os preços das entradas. Agora, com o valor voltando à normalidade, Diego quer voltar ao Baenão para torcer pelo time do coração. 

“Ainda não pude voltar ao estádio, muito devido ao valor dos ingressos. Mas com os custos menores, não vejo a hora de voltar ao Baenão e ver o Remo, ao lado dos meus amigos”.

Outro torcedor que ficou feliz com o retorno ao estádio foi o bicolor Adriano Cardoso. Ainda assim, ele é cauteloso e concorda com a volta gradual, organizada e segura. 

“Pensando como torcedor, é claro que quero a volta do público total nos estádios, afinal, casa cheia sempre dá um gás a mais tanto para os jogadores quanto para os próprios torcedores que estão no estádio. Mas sendo racional, acho que essa volta deva ser gradual, como está acontecendo. Ainda vivemos em um período de adaptação ao "novo normal" e se faz necessário essa cautela (isso deveria valer para os shows e festas que ocorrem na capital paraense também)”, opinou Adriano. 

 

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES