Presidente do Castanhal desmente que atleta esteja com coronavírus

Helinho Paes confirmou que o jogador está com problemas pessoais e informou a comissão sobre o não comparecimento aos treinos

Fabio Will

A equipe do Castanhal resolveu paralisar nesta sexta-feira (20) as atividades com os atletas profissionais e também das categorias de base, mas antes da paralisação, o presidente do clube esclareceu o sumiço do lateral direito Léo Rosa.

O jogador ficou de fora da partida contra o Paysandu, na Curuzu, na derrota por 1 a 0. Desde então o atleta não compareceu mais aos treinamentos no Centro de Treinamento do Japiim. A equipe de OLiberal conversou com o presidente do Castanhal, Helinho Paes, que ele está com problemas pessoais e que se recupera de uma contusão, além de desmentir a situação de que ele estaria com coronavírus.

“O jogador comunicou a comissão técnica, já estamos sabendo que ele está com um problema pessoal. Ele também se recupera de uma lesão e em breve estará com o restante do elenco se preparando para o Parazão. Ele não está com coronavírus”, disse, Helinho.

A reportagem entrou em contato com o jogador, mas ele não atendeu as chamadas. Léo Rosa, de 34 anos, está na terceira passagem pelo Castanhal. Em 2020 atuou em sete partidas com a camisa do Japiim. Natural de Belém, o lateral já passou pelo Águia, Tuna, Independente de Tucuruí, Penarol-AM, Trem-AP, Santos-AP e Remo.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES