O Liberal no Catar: veja como é a cobertura da imprensa internacional na Copa do Mundo

Enviado pelo Grupo Liberal para cobrir a Copa do Mundo 2022, Abner Luiz mostra o Media Camp da FIFA

Abner Luiz e Luiz Guilherme Ramos

A Copa do Mundo mais cara da história tem uma estrutura do tamanho de seus idealizadores. Embora pequeno em área, o Catar é um país rico, e, por esse motivo, investiu pesado para mostrar ao mundo o que o dinheiro do petróleo e gás natural pode comprar. Até o dia 18 de dezembro, 32 seleções, milhares de torcedores e jornalistas estarão pelas ruas e estádios de Doha, na maior celebração do futebol mundial. O Grupo Liberal está presente e mostra para você um pouco de como é realizado o trabalho da imprensa no gigantesco IBC (Centro Internacional de Imprensa).

Neste ano, o grupo O Liberal.com enviou o jornalista Abner Luiz e o fotojornalista Tarso Sarraf, que abastecem diariamente as equipes instaladas na redação integrada com vídeos, entrevistas, imagens e informações exclusivas de tudo o que acontece na Copa. O local montado pela família real do Catar tem 55 mil metros quadrados e levou cinco meses para ficar pronto, antes de receber os 18 mil jornalistas credenciados. Um recorde absoluto entre as Copas do Mundo. 

A estrutura montada inclui espaços específicos para profissionais de áudio, vídeo, multimídia e impresso, onde estão instaladas mesas com cabeamento para internet, dezenas de televisores com transmissões das partidas, além de painéis com informações sobre os jogos e apoio técnico aos profissionais.

SAIBA MAIS

Grupo Liberal envia profissionais para a Copa do Mundo 2022 em cobertura inédita
Tarso Sarraf e Abner Luiz serão os responsáveis em trazer para o Pará e o Brasil todas as informações do maior evento de futebol do planeta. 


Galvão Bueno comemora derrota da Argentina: 'A Arábia fez 2 a 1 na Argentina. Uhuuull'; vídeo
Galvão será um dos narradores da TV Globo na Copa do Mundo do Catar


Brasileiro comemora gols da Arábia Saudita no meio da torcida Argentina e vídeo viraliza
Torcedor brasileiro 'infiltrado' na torcida da Argentina cumpre promessa e comemora gols da Arábia Saudita

Além disso, as principais empresas de imagem do mundo também instalaram pontos de apoio, que servem para os fotojornalistas emprestarem lentes e usarem durante os jogos. "Aqui temos a Nikkon, a Canon e a Sony. Aqui o fotógrafo vem, mostra a credencial, pergunta quais são os lançamentos de lentes e câmeras, e eles te emprestam para você trabalhar durante a Copa do Mundo", explica Abner Luiz. 

Media campa Copa do Mundo no Catar O Liberal

No mesmo espaço, são disponibilizadas bebidas para aqueles que precisam repor as energias, seja com um café, uma água ou um chá. Além das bebidas, várias poltronas e assentos também foram, espalhados por um dos salões que servem a imprensa do mundo todo. Em outro espaço, uma bancada com impressoras instaladas servem de apoio a quem precisar imprimir ou digitalizar documentos. 

Os profissionais deslocados para o Catar também contam com a instalação de armários, que podem ser utilizados para guardar equipamentos durante os jogos, com segurança absoluta que permite a quem quiser, por exemplo, guardar pertences do início ao fim do torneio sem riscos de perda ou extravio. 

 

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES