MPPA dá 48h para que prefeitura de Cametá apresente laudos de segurança do Parque do Bacurau

Santa Rosa diz que partida pelas semifinais da Segundinha, contra o Cametá, foi jogado em um estádio sem laudo de segurança.

Caio Maia

O Ministério Público do Pará (MPPA) deu um prazo de 48h para que a prefeitura de Cametá, município do nordeste do estado, apresentasse os laudos técnicos do estádio Parque do Bacurau. O pedido faz parte da investigação de uma denúncia feita pelo Santa Rosa Esporte Clube. A agremiação afirma que o jogo de volta das semifinais da Série B do Campeonato Paraense, a Segundinha, que foi disputado no estádio, ocorreu com os laudos de segurança vencidos.

VEJA MAIS

MPPA recebe denúncia de irregularidades na semifinal da Segundinha e pede explicações à FPF
Ação do Santa Rosa diz que partida contra o Cametá, realizada no Parque do Bacurau, ocorreu sem laudos técnicos. 

Segundinha: atleta do Santa Rosa posta vídeo do momento da agressão em partida contra o Cametá
Jogo de volta da semifinal foi marcado por vários incidentes, que devem levar o resultado à esfera judicial desportiva

Na última quinta-feira (11), o Santa Rosa, clube que foi eliminado para o Cametá nas semifinais da Segundinha, ingressou uma ação no MPPA. A denúncia afirma que havia problema em dois laudos: o da Polícia Militar, que estava vencido, e o do Corpo de Bombeiros, que é inexistente.

Após a denúncia, o promotor Isaac Sacramento abriu um processo administrativo para apurar o caso e disse que iria pedir esclarecimentos à Federação Paraense de Futebol (FPF) sobre a ausência de laudos. Em contato com a reportagem, o presidente da FPF, Ricardo Gluck Paul, informou que a entidade ainda não foi notificada pelo MP sobre o caso.

Segundo o advogado do Santa Rosa, Emerson Dias, caso a denúncia seja provada, há a possibilidade do Mapará receber uma punição grave. Entre as sanções previstas no artigo 37 do Estatuto do Torcedor estão o afastamento de dirigentes do Cametá e da FPF, além da aplicação de multa, que pode chegar a R$ 2 milhões.

Enquanto o imbróglio segue na Justiça, a Segundinha continua sendo disputada em campo. Neste domingo (13), São Francisco e Cametá duelam pelo título do torneio. Ambas as equipes já garantiram vaga à elite estadual em 2023.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES