Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Jogador deixa campo chorando após sofrer ataques racistas durante partida; vídeo

Harrison Mancilla ficou abalado com os insultos e foi amparado pelo treinador da sua equipe

Aila Beatriz Inete

O meia colombiano Harrison Mancilla, jogador do Club Atlético Sarmiento, saiu de campo chorando após ouvir ataques racistas de um torcedor do time Platense, adversário na partida. O episódio ocorreu no último domingo (26), pelo Campeonato Argentino. O atleta ficou abalado com os insultos e foi amparado pelo treinador da equipe, Israel Damonte. 

VEJA MAIS 

Pesquisa aponta futebol como modalidade que registra mais casos de discriminação racial no Brasil
Mesmo sendo um país com diversos ídolos negros, atitudes racistas são corriqueiras no esporte mais popular do país

Fellipe Bastos diz ter sofrido racismo por parte de torcedor do Atlético-GO: ‘Me chamou de macaco'
Meia do Goiás disse que ficou assustado com o episódio e espera que o torcedor seja identificado para ser punido

Lateral do Corinthians é preso por injúria racial após ser acusado de chamar Edenilson de 'macaco'
Rafael Ramos foi solto depois do Timão pagar fiança no valor de R$ 10 mil e negou a acusação

Após o ato, os jogadores do Sarmiento começaram a se manifestar e a procurar nas arquibancadas quem havia sido o autor dos insultos. Com isso, a torcida da Platense acabou identificando o agressor e a polícia prendeu o homem. 

Após o jogo, Harrison falou em uma entrevista sobre o episódio e contou como foi:

"Os torcedores gritaram coisas para mim, e isso não se justifica. Meus colegas viram a reação do resto das pessoas e também reagiram a isso. Eles me insultaram, mas vejo motivo, talvez a euforia do momento os tenha levado a isso", relatou. 

O técnico do Sarmiento, Israel Damonte, também falou sobre o caso. O treinador disse que ficou com vergonha do que foi dito e lamentou que casos de racismo continuem acontecendo no país.  

"Tenho vergonha de repetir o que disseram, são coisas que os idiotas gritam, que infelizmente acontecem cada vez mais neste país, e ainda por cima é algo que contagia. Felizmente alguns torcedores da Platense criticaram o agressor. Isso não é uma coisa boa para a sociedade em geral, e principalmente para nós que fazemos parte deste esporte", declarou o treinador. 

(Aila Beatriz Inete, estagiária, sob supervisão de Pedro Cruz, coordenador do Núcleo de Esportes)

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES