Depois de anunciar despedida, Galvão Bueno continuará na Globo após a Copa

Narrador de 72 anos renovou com a emissora carioca até o fim de 2024

Luiz Guilherme Ramos
fonte

O fim da era Galvão Bueno na Rede Globo foi adiado por mais dois anos. O narrador esportivo e a emissora carioca, que haviam decidido encerrar a parceria de 41 anos, voltaram atrás e resolveram ampliar o vínculo profissional até o final do ano de 2024, agora em uma "nova fase", segundo a imprensa brasileira. 

A princípio, Galvão ficaria na TV até o final da Copa do Mundo do Catar, entretanto, pelo novo acordo ambos estarão em uma espécie de "relacionamento aberto", que permitirá a ele fazer outros trabalhos no streaming, sem precisar da aprovação da empresa, que de quebra assegura a presença do narrador na equipe de cobertura dos Jogos Olímpicos de Paris. 

Além disso, consta que Galvão Bueno emprestará a voz para chamadas institucionais na editoria de Esportes da TV Globo, direcionada à divulgação de campeonatos. Assim, Galvão permanece como o principal rosto esportivo na empresa. A aposentadoria ventilada recentemente será só para as narrações. A partir do novo contrato, Bueno passa a ter novas funções e deixa a narração para os demais profissionais da casa. 

Conforme a apuração da mídia do sudeste, o novo contrato já foi elaborado e falta apenas a assinatura dele, o que provavelmente deve ocorrer antes da Copa do Mundo, marcada para o dia 20 de novembro. Ainda conforme as informações de bastidores, Galvão Bueno intensificou a preparação física para chegar ao Mundial com boa voz. 

SAIBA MAIS

image Galvão Bueno anuncia despedida da TV após Copa do Mundo no Catar; veja
Ícone da narração esportiva anunciou despedida nesta quinta-feira, após 41 anos comandando as transmissões da Globo


image Após passar natal e ano novo nos EUA, Galvão Bueno testa positivo para covid-19
Segundo o colunista Ancelmo Gois, o narrador de 71 anos testou positivo para o coronavírus, mas está bem


image Arnaldo Cezar Coelho revela o que falou para Galvão Bueno sobre saída do narrador da Globo
Galvão deixará a Globo no fim de 2022 e planeja investir em novos projetos nos próximos anos.


 

Mudança

A ideia de retomar a parceria, segundo informações, se deu pelo simples fato de que ambos possuem um histórico profissional muito proveitoso e várias ideias nasceram nos últimos meses, a maioria deles a longo prazo, o que traz a necessidade de estender a parceria nos próximos anos. 

Pelo novo contrato, o narrador dará prioridade na TV aberta para os projetos idealizados por ele, que serão exclusivos para este tipo de mídia. Já na TV por assinatura, será possível vetar alguma participação ou produção que ele queira fazer em outro veículo da concorrência.

Tudo indica que Galvão terá um projeto por ano, a ser comandado na grade aberta, pensado por ele e pela direção da emissora, não necessariamente na área esportiva. Outro ponto importante é sobre a cobertura dos Jogos Olímpicos de Paris. Galvão Bueno será apresentador e comentarista pontual em programas especiais, além de participar da abertura, marcada para o dia 26 de novembro, no Rio Sena, símbolo da capital francesa. 

A história de Galvão Bueno na TV Globo começou em 1981, depois de fazer muito sucesso na Fórmula 1, ainda pela Bandeirantes. A primeira aparição dele na emissora carioca foi na partida entre Jorge Wilstermann e Flamengo pela Libertadores daquele ano. Cobriu também as Copas do Mundo de 1982 e 1986, como segundo narrador. Também fez os Jogos Olímpicos de 1984.

Em 1987 assumiu a titularidade da narração esportiva e comandou a equipe na Copa de 90. Por dois anos deixou a Globo e foi para a extinta Rede OM, voltando no início de 1993. A partir daí trabalhou nas Copas de 1994, 1998, 2002, 2006, 2010, 2014 e 2018, além das Olimpíadas de 1996, 2000, 2004, 2008, 2016 e 2021.

Futebol
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES