Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Candidato à presidência da FPF, Paulo Romano rebate acusações de rivais: 'Buscamos nossos direitos'

A chapa de Romano foi impugnada dias antes da data inicial do pleito, e entrou com uma ação na Justiça para garantir a participação

O Liberal

Candidato à presidência da Federação Paraense de Futebol (FPF), Paulo Romano rebateu as acusações de Adelcio Torres e de Ricardo Gluck Paul, demais concorrêntes ao pleito da FPF. Romano ainda falou os rumos das eleições da entidade, que segue sem ter uma data definida para ser realizada por causa de uma liminar judicial.

“O que posso te adiantar é que buscamos nossos direitos. Primeiro administrativamente junto à FPF, depois no juiz de Primeiro Grau e por fim na instância superior. Nossa chapa foi indeferida por uma comissão eleitoral totalmente parcial, escolhida a dedo pelo Presidente da FPF. As duas chapas trabalharam para que a nossa não participasse do pleito, pois sabem que no voto eles não ganham da gente", alegou o candidato, que atualmente é um dos vice-presidentes da entidade.

Veja mais

Eleições da FPF: Candidato faz acusações e propõe que Tuna assuma a presidência até o pleito Ex-mandatário do Paysandu também quer que a Lusa conduza as eleições

Eleições da FPF: Candidato à reeleição nega obrigação em convocar pleito até esta quarta (12) Adelcio Torres lidera a chapa da situação nas eleições da entidade

Em seguida, Paulo Romano fez acusações aos demais candidatos e garante que seguirá em busca de fazer sua chapa participar da eleição.

"O Adelcio é a pior coisa que apareceu no futebol paraense em toda a sua história. Não tem o que falar de uma pessoa que não é do futebol. O Ricardo Gluck é um cidadão que quer o poder a qualquer custo e vem vendendo ilusões desde a época em que foi presidente do Paysandu. Qual o legado que ele deixou no clube? Nossa campanha, o tempo todo, foi sem ofender ninguém, porém chega um determinado momento que é necessário nos defendermos. Nossa campanha foi e continua sendo pautada dentro de um projeto que entendemos que seja exequível e necessário para que o futebol paraense seja do tamanho da sua torcida. Um futebol de primeira”, afirmou.

Vale lembrar que a chapa de Romano foi impugnada dias antes da data inicial do pleito, e entrou com uma ação na Justiça para garantir a participação.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES