Estreante no Parazão, atacante do Itupiranga é cabeleireiro e fala de gol no Paysandu

Quadrado se destacou no jogo que encerrou a primeira rodada, na segunda passada, por causa do golaço e boa atuação

Andreia Espírito Santo

No jogo da última segunda-feira entre Paysandu e Itupiranga, pela primeira rodada do Campeonato Paraense, um jogador se destacou. Foi o Igor Cardoso, de 24 anos. Falando o nome dele assim talvez você não conheça, mas se contar o apelido fique mais fácil. Trata-se de Quadrado. O jogador paraense fez um golaço, com direito drible no zagueiro Perema, para empatar a partida entre o Papão e o Crocodilo.

REVEJA O GOL ABAIXO!

Claro que depois o Paysandu iria conseguir marcar dois gols, que saíram dos pés de outros jogador que foi o nome da partida, Caíque Oliveira, para concretizar a vitória de 3 a 1 em cima do Itupiranga. Mas o que ficou na memória de muitas pessoas que assistiram ao jogo foi a atuação do jovem jogador do Itupiranga.

“Coisa de jogo. Pensamento rápido. Fiz o drible e fui feliz na finalização. É maravilhoso receber o carinho da torcida do Itupiranga e também do Paysandu, que me acolheu e aplaudiu. Marcar um gol sempre é bom. Ainda mais na estreia como profissional aqui no Pará e contra o Paysandu. Porque eu estive no profissional mas nunca joguei. E estrear contra o Paysandu e fazendo um gol é maravilhoso”, afirmou.

Natural de Marabá, município do sudeste paraense, Igor ganhou o apelido de Quadrado quando estava no Águia, seu primeiro time profissional. Ele conta que veio pela semelhança com o jogador colombiano, que atua no Juventus, da Itália, Juan Guillermo Cuadrado.

Cuadrado colombiano é o dono da camisa 11 da Juventus (ITA) (Divulgação)

“Meu início de carreira foi no amador. Tive destaque, fui apresentado no Águia por convite do presidente Ferrerinha. O apelido veio nessa época. Acho que pelo cabelo e semelhança com o Quadrado da Colômbia. Joguei um amistoso pelo Águia. Quando encerrou o contrato fui para o Tocantins. Lá consegui jogar e fazer bons jogos, sem muito destaque, porque não é tão visado como aqui. Não consegui sair de lá para outro time. Fiquei um ano parado e veio o convite para jogar no Itupiranga e consegui fazer um bom jogo contra o Paysandu”, conta.

HOBBY

Além do futebol, Quadrado tem um hobby que é cortar cabelo. Na verdade, ele fez alguns serviços quando estava sem dinheiro e desde então vem aproveitando. Sempre que os companheiros de time precisam ajeitar o cabelo, pedem ajuda para o jogador.

“Desde criança eu gosto de futebol. Cortar cabelo é quando os meninos pedem para arrumar e eu faço. Quando não tem lugar para cortar, eu mesmo arrumo. É como um hobby. Também serviu para ganhar um dinheiro para sair do desafogo antes de vir para o Itupiranga. E eu ando com a máquina e faço o corte”, relata.

Igor Cardoso, conhecido como Quadrado, é destaque do Itupiranga (Elivaldo Pamplona / O Liberal)

Quadrado vai entrar novamente entrar em campo pelo Itupiranga no próximo sábado (25) contra o Independente. O jogo será às 15h30, no Parque Bacurau, em Cametá, pela segunda rodada do Campeonato Paraense.

Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES